Edição 308 | 2017

Home/ Revista/ Edição 308/ Você Sabia?


Clique para ver a versão impressa [+]
03/08/2017 12:49

Gorjetas mundo afora

É preciso ficar atento pois, no exterior, o valor da gorjeta nem sempre costuma constar na conta de bares e restaurantes

Divulgação
Fazer uma viagem ao exterior é entrar em uma nova cultura. Em cada país há um modo de viver e de agir específico, e o mesmo acontece em relação às gorjetas. O assunto chega a ser delicado e até gerar constrangimentos. Isso porque, no Brasil, a gorjeta, mesmo não sendo obrigatória, costuma vir incluída na conta. O brasileiro, então, não tem o hábito de se preocupar com o valor dado ao garçom em um restaurante, por exemplo. Contudo ao sair das terras tupiniquins, ele não costuma dar atenção a esse quesito e pode ser mal interpretado. Por isso, ao preparar uma viagem internacional, é imprescindível pesquisar sobre a cultura local, até mesmo para evitar possíveis constrangimentos e conflitos, até quando se trata das gorjetas.

Para viajar, é preciso ter em mãos a moeda local. A maioria dos viajantes costuma adquirir dólares ou euros e trocá-los pelo moeda do país de destino ao chegar no aeroporto.

A gorjeta costuma demonstrar o quanto você gostou daquilo que foi servido e, para ajudar na sua próxima viagem, a BeeCâmbio separou os costumes e os valores das gorjetas de alguns países:

Alemanha
Os garçons entendem que o cliente não foi bem atendido quando não recebem gorjeta, mesmo que não seja obrigatório recompensar seus serviços

Bélgica
Assim como no Brasil, o valor costuma vir incluído na conta, por isso, seu ato fora de restaurantes é incomum, mas sempre bem-vindo

Canadá
A gorjeta tem grande importância e é esperada por garçons, taxistas, bartenders, camareiros e cabeleireiros. Pode chegar a até 25% do valor da conta

Chile
Embora não seja obrigatório,  demonstra agradecimento pelo serviço oferecido e é recomendado deixar, pelo menos, cerca de 10% do valor da conta em bares e restaurantes

Dinamarca
É incomum oferecer gorjetas. É claro que os profissionais agradecerão caso o turista ofereça algum valor, porém não é uma atitude aguardada por eles

Finlândia
O sistema é parecido com o da Dinamarca, porém em bares e restaurantes, o valor da gorjeta costuma vir incluído na conta, assim como no Brasil

Malásia
A taxa de serviço costuma vir incluída na conta e, cabe ao turista oferecer mais, ou não, ao prestador do serviço

Portugal
A gorjeta é opcional e sua consolidação é a certeza da realização de um bom atendimento

Suécia
Oferecer uma porcentagem ao garçom é totalmente opcional e costuma girar em torno de 5 a 10% do valor da conta
Divulgação
Divulgação