Edição 308 | 2017

Home/ Revista/ Edição 308/ Imóveis


Clique para ver a versão impressa [+]
03/08/2017 12:31

Segurança em condomínio

Necessidade humana primordial, a segurança só pode ser alcançada quando tem medidas compreendidas, aprovadas e seguidas por todos os envolvidos

Divulgação
Sabe-se que o ser humano possui inúmeras necessidades, que vão desde as mais simples como se alimentar e descansar até as mais complexas como afeto, compreensão e autorrealização.
Disposto a desvendar e hierarquizar essas necessidades, o pesquisador norteamericano Abraham Harold Maslow desenvolveu inúmeras pesquisas até chegar a um sistema que ficou conhecido como “Teoria de Maslow”, que enumera as necessidades humanas dentro de uma pirâmide hierárquica, qualificando-as em primárias e secundárias.

“Maslow chegou a ser considerado um dos maiores estudiosos do comportamento humano de todos os tempos e seu grande mérito, para os estudiosos da segurança, foi a constatação de que ela - a segurança - é uma necessidade humana primária, posterior apenas às necessidades fisiológicas, ou animais, como alimentar-se, abrigar-se das intempéries e reproduzir-se”, explica o especialista em segurança da GPSW, Ozeias Augusto da Silva.
Em nosso País, assim como em muitos outros pelo mundo, a população está sempre em busca de sentir-se mais segura. E, esse foi um dos principais fatores para o aumento da quantidade de famílias que optaram por viver em um condomínio, em detrimento ao dia a dia em uma casa, que pode aparentar menos proteção quando se fala em assaltos ou invasões.

O conceito
A palavra “segurança” pode ser conceituada como “o conjunto de medidas capazes de gerar um estado, no qual os interesses vitais de uma instituição, estejam livres de danos, interferências e perturbações” e Silva garante que ela só é eficiente se for sustentada sobre um conjunto de medidas, onde umas possam influenciar as outras. “Não adianta ter uma boa segurança na portaria, se o sistema antifurto não existe. Nem ter vigilância de primeira qualidade se a instituição não possui um bom sistema de prevenção e combate a incêndios. Por isso, a segurança só será eficiente se for organizada dentro de um conjunto de medidas inter-relacionadas e complementares”, ressalta.

Apesar da migração das famílias para os condomínios ter aumentado, o roubo e a invasão a esses locais também cresceu. “Por acharem que estão mais seguras nos condomínios, algumas pessoas guardam em casa altas quantias em dinheiro, jóias e quadros, o que desperta a atenção dos ladrões. Além disso, o uso desenfreado dos aparelhos tecnológicos, faz com que os indivíduos fiquem mais desatentos para os perigos que os cercam. Para que a segurança seja eficiente, ela deve ser, primeiramente, compreendida por todos, desde a alta direção até o mais humilde trabalhador. Uma vez compreendidas as formas de atuação da segurança, passa-se a admitir sua necessidade. E, uma vez admitida sua necessidade, ela deve ser aprovada por todos e, por via de consequência, todos devem colaborar e respeitar suas regras. Só assim se terá uma segurança eficiente”, garante o especialista da GPSW.

Erros e acertos
Para se garantir a segurança efetiva de um condomínio, Silva destaca que é preciso um projeto de segurança, análise de riscos, normas e procedimentos além de treinamento constante. Dentre os principais erros cometidos por moradores, administradores e funcionários do condomínio, ele destaca a inexistência ou descumprimento de procedimento de segurança, a falta de rotina sistemática de treinamento e conscientização, o desprezo às áreas de riscos no entorno do condomínio, a falta de planejamento e investimento na estrutura física de segurança e, principalmente, enxergar a segurança como custo, e não como solução.
É nesse momento que a contratação de uma empresa especializada em segurança se faz fundamental para garantir o bem estar de todos os que vivem naquele condomínio ou região. “Uma empresa qualificada em segurança patrimonial é totalmente voltada à prevenção e redução do risco de perdas de bens, seja de um negócio ou casa, e realiza uma série de procedimentos que protegem eficazmente o patrimônio. Para isso, oferece soluções integradas, que potencializam a proteção do condomínio”, explica Silva.
A empresa de segurança também é responsável por instalar um sistema de proteção perimétrica, abrangendo alarmes infravermelhos, cercas elétricas e luzes automáticas, que ajudam a inibir a ação criminosa por isso é importante procurar indicações e locais que têm experiência em oferecer soluções para um dia a dia mais tranquilo e, principalmente, mais seguro.

GPSW Segurança
R. Avelino Matos Machado, 430
F: 2585.1490 / 94719.2821
Divulgação
Divulgação