Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Gramado anuncia parque de água...

Gramado anuncia parque de água termal para 2017

Publicada em : 19/12/2014

Empreendimento poderá receber 3,5 mil pessoas por dia e ficará ao lado do Snowland


Depois de criar um complexo de entretenimento com neve o ano inteiro, Gramado passará a oferecer água termal para seus visitantes. Os empreendedores que criaram o Snowland – o primeiro parque de neve indoor das Américas, anunciaram nesta terça-feira, dia 16, que construirão um parque termal, junto à RS-235, no bairro Carazal.

A descoberta da água, que sai da fonte a 46 graus Celsius de temperatura, a uma profundidade de 840 metros, ocorreu há dois anos. Desde então, os empreendedores vinham trabalhando na criação de um parque que, recentemente, teve seu projeto aprovado pela Prefeitura de Gramado. “A riqueza hidrotermal do Rio Grande do Sul até hoje não foi devidamente valorizada. Os empreendimentos nacionalmente mais reconhecidos ficam localizados nos estados de Goiás, São Paulo e Santa Catarina”, destaca Mauro da Silva, um dos empreendedores.

O Gramado Termas Park terá área de aproximadamente 15 mil metros quadrados, 605 vagas de estacionamento e várias piscinas, nas quais a água - sendo resfriada, chegará a uma temperatura entre 28 e 32 graus Celsius. Haverá, inclusive, uma piscina com diferentes ondas.

Outra atração será uma piscina relaxante, na qual haverá um chafariz e vários formatos de jato de água. As crianças poderão se divertir em um parque infantil com diversas atividades com água e no complexo de toboáguas, com mais de 1.000 metros de extensão e várias interações em suas descidas.

Segundo os empreendedores, o Gramado Termas será o primeiro parque aquático termal indoor do Brasil, e terá capacidade para receber 3,5 mil pessoas por dia. Além dos visitantes que utilizarão o parque em regime de day use, haverá um resort com serviços de governança e hotelaria com 300 apartamentos em área vizinha ao parque, que terá a participação da GR Construtora. Esta estrutura terá apartamentos de um e dois dormitórios, que serão comercializados através do sistema de fracionamento, podendo ser utilizados entre duas e quatro semanas por ano.

As primeiras 100 cotas do apartamento de um dormitório, com 28 metros quadrados, serão vendidas por R$ 49,9 mil, e as do apartamento de dois dormitórios custarão R$ 63,9 mil, segundo representantes da Imobiliária Foxter, que será a responsável pela comercialização. O proprietário do apartamento poderá, também, utilizar suas semanas de férias em outras centenas de cidades do mundo, já que o empreendimento estará associado à RCI, empresa integradora que reúne mais de 5 mil resorts de férias em diversos países.

O novo empreendimento terá diferenciais em relação ao meio ambiente. Ele utilizará placas solares fotovoltaicas para reduzir o consumo energético e gerar energia para toda iluminação. Com a instalação de uma Estação de Tratamento, a água poderá reutilizada. Haverá, também, uma Estação de Tratamento de Esgoto, que permitirá o tratamento dos efluentes e o reuso da água.

Segundo Anderson Caliari, um dos idealizadores do empreendimento, a estrutura contribuirá para que o turista permaneça mais tempo em Gramado, a exemplo do que aconteceu a partir da abertura do Snowland, em outubro de 2013. “Vamos fidelizar este cliente para Gramado. Mesmo que ele não venha para a cidade, a RCI enviará outro cliente em seu lugar”, destaca.

Ele calcula que somente com o hotel, serão 1,2 mil pessoas por semana usufruindo das atrações do parque, chegando a um total de 62 mil pessoas. “É um público de alto poder aquisitivo que virá a Gramado, já que a renda média dos compradores é de R$ 10 mil”, finaliza Caliari.

Os empreendedores do Gramado Termas estimam que ele deverá ser aberto ao público no último trimestre de 2017.


Fonte:Insider 2