Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Tap inaugura operações para Ma...

Tap inaugura operações para Manaus e Belém

Publicada em : 27/06/2014

Companhia reforça ainda mais liderança no Brasil com voos diretos para 12 cidades



A TAP começou dia 3 de junho a voar para as cidades brasileiras de Manaus e Belém, inaugurando assim os primeiros dos 11 novos destinos que lança ao longo deste Verão.

A companhia aumenta assim para 12 o número de cidades servidas no Brasil, reforçando ainda mais a sua posição de companhia aérea líder mundial na operação para aquele país.

Esta operação é realizada em voos circulares Lisboa – Manaus – Belém – Lisboa, com três frequências semanais, à terça-feira, sexta-feira e domingo, entrando assim a TAP pela primeira vez na região norte do Brasil, a qual possui um grande potencial turístico e uma oferta de voos internacionais ainda reduzida.

Os voos, hoje iniciados, partem de Lisboa às 09h35, chegam a Manaus às 13h45 e, uma hora depois, seguem para Belém, onde pousam às 17h45. Às 19h15, partem de Belém, chegando a Lisboa às 06h45 do dia seguinte.

No voo da manhã de 3 de junho, efetuado no Airbus A330, CS – TON, “João XXI”, viajaram 216 passageiros, entre os quais responsáveis do Turismo de Portugal e entidades representantes dos Estados brasileiros da Amazónia e do Pará, que voaram com a TAP nesta viagem inaugural rumo a Manaus e Belém. A bordo, os comandantes Silva Coelho e Abreu Oliveira e o oficial-piloto Rafael Sequeira aos comandos do avião, com uma tripulação comercial de nove elementos chefiada pelo supervisor de cabine Hélder Santos.

Com a inauguração da nova linha, que conta atualmente com mais de 23.200 reservas, a TAP aumenta a sua oferta para o Brasil para as 81 frequências semanais, passando a operar para 12 destinos no Brasil – Manaus, Belém, Natal, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas e Porto Alegre -  e cobrindo, a partir de agora, todas as regiões geográficas do país.

Em 2013, a TAP transportou 1.541.723 passageiros no conjunto das linhas do Brasil, com uma taxa média de ocupação dos aviões (load-factor) elevada, da ordem dos 84,2 por cento.

Fonte:Insider2