Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Chelsea Flower Show completa 1...

Chelsea Flower Show completa 100 anos

Publicada em : 14/05/2013

A famosa exposição de flores começa no dia 21 de maio



Exposição de flores de Chelsea, que começa no dia 21 de maio, vai comemorar seu centésimo aniversário neste ano. Mas não é a única atração para quem aprecia flores e plantas. Selecionamos 15 magníficos jardins e passeios relacionados ao tema na Inglaterra, Escócia, no País de Gales e na Irlanda do Norte. Há desde os jardins mais tradicionais até os mais exóticos – um deles inclui até horticultores nus!

O poder de cura das flores em Londres
O Chelsea Physic Garden, localizado a apenas algumas ruas de distância do Chelsea Flower Show, é um oásis secreto na capital e o segundo jardim botânico mais antigo da Inglaterra. Fundado em 1673, o jardim foi criado originalmente para promover os estudos de botânica para fins medicinais. É um espaço lindo e fascinante, com uma lanchonete premiada, a Tangerine Dream, que serve bolos e chás da tarde deliciosos. O Jardim Botânico fica aberto para visitação o ano todo, exceto aos sábados e algumas semanas de dezembro. Em julho e agosto abre mais tarde às quartas-feiras. www.chelseaphysicgarden.co.uk

Passeios com vista das montanhas no norte do País de Gales
Criado por cinco gerações de uma mesma família, o Jardim Bodnant, com seus 32 hectares, está muito bem localizado, oferecendo vistas espetaculares de Snowdonia. Seu destaque é o arco de laburno de 54 metros de comprimento, que floresce no final de maio e proporciona uma arcada romântica e exuberante. Também há plantas de vários lugares do mundo, cultivadas a partir de sementes e cortes obtidos há mais de um século em expedições de exploração de plantas. O novo Jardim de Inverno tem 10 mil novas plantas, o que torna Bodnant um lugar ideal para passeios não só nos meses de verão mas também no inverno, finalizados com um prato de sopa quente da agradável lanchonete. www.nationaltrust.org.uk/bodnant-garden

Flores exóticas em ilha da Escócia
Inverewe, um dos jardins britânicos mais setentrionais da Grã-Bretanha, fica ao norte da ilha de Skye e proporciona vistas formidáveis da região montanhosa da Escócia. Graças às correntes quentes do Golfo que fluem ao longo da costa oeste escocesa, algumas plantas exóticas florescem em Inverewe. É possível tomar um trem em Inverness (a 3 horas e meia de Edimburgo) e depois um ônibus, mas vale a pena alugar um carro para apreciar a vista durante a viagem. www.nts.org.uk/Property/Inverewe-Garden-Estate

Plantas brasileiras no extremo da Inglaterra
O ponto extremo da Grã-Bretanha, chamado de Land’s End, também recebe a corrente do Golfo, possibilitando que as plantas floresçam o ano todo. O jardim Tresco Abbey fica nas Ilhas Sorlingas, a 45 quilômetros de Land’s End, onde, mesmo no auge do inverno, florescem mais de 300 plantas, entre espécies do Brasil, Burma, Nova Zelândia e África do Sul. Tresco não parece fazer parte da Inglaterra – não tem semelhança com lugar nenhum do país! A revista National Geographic classificou as Ilhas Sorlingas como segunda colocada entre as 10 melhores ilhas do mundo, na frente do Taiti, Capri e Ilhas Canárias. Para chegar a Tresco, deve-se tomar a balsa em Penzance, na Cornualha, a 5 horas e meia de Londres. Também há voos para Tresco, partindo de Exeter, Newquay e Land’s End. Acesse www.tresco.co.uk para saber como chegar e obter mais informações sobre os jardins.

Florestas tropicais na Cornualha, Inglaterra
O Projeto Eden foi criado em 2001 em um vasto terreno abandonado na Cornualha e tem dois imensos biomas geodésicos (estufas). Atualmente uma das principais atrações da Grã-Bretanha, o Projeto Eden é um lugar excelente para famílias, pois tanto as crianças quanto os adultos ficam fascinados com a maior floresta tropical em cativeiro do mundo em um bioma e as belas e encantadoras plantas do Mediterrâneo em outro. Também há jardins com paisagismo ao ar livre e, no verão, o local recebe uma série de concertos com a presença de bandas importantes. O Projeto Eden fica no litoral sul, uma região perfeita para explorar a essência da Inglaterra – famosa pelo chá com bolinhos e tortas salgadas, assim como pelas belas praias e ótimos pubs. Saindo de Londres, é uma viagem de trem de 4 horas e meia (para a estação St Austell). www.edenproject.com

Um jardim vitoriano em Belfast, Irlanda do Norte
Fundado em 1828, o Jardim Botânico de Belfast é desfrutado como parque público pelo povo de Belfast desde 1895 e é uma parte importante do patrimônio vitoriano da cidade. Há um amplo jardim de rosas e um longo canteiro de herbáceos; quem aprecia árvores vai encontrar carvalhos raros plantados no fim do século 19. A abundância de aves e a exótica ravina tropical transportam os visitantes para o melhor da natureza em plena cidade, e o fantástico museu Ulster fica no meio dos jardins.www.belfastcity.gov.uk/parksandopenspaces

Romance eduardiano no Vale de Glamorgan, País de Gales
O Jardim Dyffryn, na bela região sul do País de Gales, passou a ser administrado pelo National Trust e é um lugar romântico com várias áreas ajardinadas, cada uma com características próprias de horticultura. Essas áreas são cercadas por um amplo gramado com estátuas, fontes, pedras e horta, além de várias árvores raras e incomuns. Não se surpreenda se você avistar noivos se beijando no canal do Great Lawn, o grande gramado que é famoso para consagrar os casamentos. Dyffryn fica a apenas 20 minutos de distância de Cardiff pela estrada. www.nationaltrust.org.uk/dyffryn-garden

Grandes jardins (e um fantasma) no Distrito dos Lagos
Muncaster é um lugar intrigante, lar de um centro mundial de corujas (World Owl Centre), 28 hectares de belos jardins e... um misterioso morador (ou dois). Dizem que o bobo da corte da histórica residência do século 16, Tom Fool (também conhecido como Tom Skelton) causa tumulto até hoje, e não é o único. É possível ficar na Tapestry Room para uma noite inteira de observação (há café disponível para mantê-lo acordado), onde os fantasmas costumam ser vistos. Durante o dia e nos meses da primavera e do verão não há nada melhor que os belos jardins, com maravilhosas campânulas entre abril e maio e rododendros até junho. Muncaster fica às margens do Distrito dos Lagos, no noroeste da Inglaterra, e é acessível por trem (para Ravenglass); fica a cerca de 5 horas de Londres. Também é possível chegar de carro, atravessando algumas das regiões mais belas da Inglaterra. Acesse www.golakes.co.uk e www.muncaster.co.uk

Um refúgio adequado para o Sr. Darcy em Derbyshire, Inglaterra
Os jardins de Chatsworth evoluíram ao longo de 450 anos e são conhecidos por seu sistema de distribuição de água, incluindo uma cascata de 300 anos de existência, a bela queda d’água entre as rochas e a imensa fonte do Imperador. Além do enorme labirinto, pedras, roseiras, hortas e jardins, há mais de 8 quilômetros de trilhas com árvores raras, arbustos, riachos e lagoas. Chatsworth foi exibida em vários filmes, inclusive no famoso Orgulho e Preconceito – dizem que a residência inspirou Pemberley, lar do Sr. Darcy no romance. A estação de Chesterfield, perto de Chatsworth, conecta-se a Derby que, por sua vez, tem trens vindo de Londres regularmente (viagem de 2 horas e 15 minutos). www.chatsworth.org

Cores magníficas em um vilarejo de estilo italiano no País de Gales
Portmeirion é um lugar singular que vai surpreender os turistas em visita ao País de Gales. Fica no norte do país, em Gwynedd, e foi projetado e construído por Sir Clough Williams- Ellis, entre 1925 e 1975, com o estilo de um vilarejo italiano. Após uma visita de férias à Itália, Sir Clough voltou para casa pensando em recriar o ambiente no País de Gales – o resultado é um lugar especial e totalmente único. A área abrange um importante grupo de rododendros, assim como outras plantas exóticas, e as cores no outono e na primavera são especialmente mágicas. Pode-se chegar a Portmeirion de trem em poucas horas, saindo de Londres para Llandudno ou Bangor, e depois tomar outro trem para Blaenau Ffestiniogand e um taxi, ou optar pela pitoresca estrada de ferro de bitola estreita com destino à estação de Minffordd e de lá fazer um curto trajeto de taxi. É necessário pagar uma taxa para entrar no vilarejo (£ 5-£10 ou R$ 16 a R$ 31) e há hotéis para quem quiser pernoitar. www.portmeirion-village.com

Kent, o jardim da Inglaterra
Kent é conhecida como o jardim da Inglaterra, então há muito que visitar por lá. Fica ali um dos jardins mais celebrados do mundo, o Sissinghurst, criação de Vita Sackville-West e de seu marido, Sir Harold Nicolson. Sissinghurst é famoso devido ao seu Jardim Branco, um ambiente majestoso que combina várias espécies de flores brancas. Ainda em Kent, é possível explorar o romântico castelo Scotney, cercado por um canal e jardins impressionantes, ou os Jardins Secretos de Sandwich – um oásis de tranquilidade, onde você pode fazer uma visita com áudio, passando pelas plantas e encerrando com um chá com creme no jardim. Há trens regularmente de Londres para Kent. A viagem dura uma hora. www.visitkent.co.uk/explore/gardens.asp

Patrimônio Mundial da UNESCO em Londres
Com suas históricas estufas e famoso acervo de plantas, Kew Gardens é líder mundial em botânica e conservação de plantas, e um Patrimônio Mundial da UNESCO. O local na região oeste de Londres também recebe vários eventos, inclusive uma série de concertos no verão. Apesar de ser bem popular, especialmente no verão, ainda é possível se perder lá dentro e as crianças vão adorar descobrir como as girafas se sentem na passarela entre as copas das árvores, a 18 metros de altura. www.kew.org

Paisagem tranquila no coração de Glasgow
Glasgow é um centro cultural animado e vibrante, com música em cada esquina e um museu para cada dia do mês, não apenas da semana! Mas se você quiser se afastar da vida urbana, em busca de um retiro, o Jardim Botânico no extremo oeste da cidade é um banquete para os sentidos. Entretanto, se você prefere mesclar natureza e cultura, há peças de teatro nos jardins durante o verão e palestras para quem se interessar em saber mais sobre as plantas, em vez de apenas admirá-las e sentir sua fragrância. A bela estufa de plantas do Palácio Kibble é uma estrutura de ferro forjado do século 19, cuja restauração de 2004 devolveu seu esplendor original e deu aos jardins uma aparência majestosa. O acesso aos jardins não poderia ser mais fácil com o transporte público de Glasgow ou utilizando uma das paradas do excelente ônibus circular de excursão. www.glasgowbotanicgardens.com

Mercados de flores em Londres
Você vai encontrar uma profusão de cores e fragrâncias nos dois mercados de flores mais icônicos de Londres e dá para levar um pouco do jardim para casa – seja um acessório para cabelo ou um gesto romântico para sua companheira de viagem. O mercado de flores de Covent Garden é o local frequentado pelos profissionais ao nascer do sol, para se abastecerem de flores de todos os tipos e cores, da meia-noite às 6h. Já o público moderno da região leste de Londres gosta de passear na Colombia Road em um horário mais agradável (domingos, das 8 às 15 horas), onde pode-se comprar de tudo, de uma simples rosa a uma bananeira de 3 metros. Os dois lugares são divertidos, com ótimas opções nas redondezas para tomar um café ou fazer uma refeição, e é uma oportunidade extraordinária para ver as ruas de Londres se transformarem em tapetes coloridos. www.newcoventgardenmarket.com/flowers e www.columbiaroad.info

E enfim... horticultores nus em Wiltshire, Inglaterra
Ian Pollard costuma dizer que em seu epitáfio vão ler ‘Por que não?’ pois esta é a primeira coisa que lhe vem à cabeça quando surge uma nova ideia. Então, um jardim cuidado por pessoas sem roupas, por que não? Ian e sua esposa, Barbara, cuidam dos jardins da Abbey House em Malmesbury, Wiltshire, desde 1994 e agora, com muito orgulho, são proprietários da bela área verde, com lindas cascatas e um grande tabuleiro de xadrez ao ar livre. Ian e Barbara se “vestem para os visitantes”, exceto em determinados dias que as roupas são opcionais. Por que não? Malmesbury fica a pouco mais de duas horas de carro de Londres A cidade fica a oeste de Londres, na região de Wiltshire, e bem perto de Bristol (apenas 40 minutos de carro). www.abbeyhousegardens.co.uk

Fonte:VisitBritain Brazil