Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Expresso Turístico completa tr...

Expresso Turístico completa três anos de operação

Publicada em : 26/04/2012

Nesse período mais de 40 mil turistas foram transportados

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) celebrou, no dia 19 de abril, três anos da primeira viagem realizada pelo Expresso Turístico, para Jundiaí. De lá pra cá, cerca de 40 mil passageiros fizeram a viagem para um dos três destinos oferecidos: Jundiaí, Mogi das Cruzes e Paranapiacaba, em mais de 250 viagens.

O sucesso da iniciativa pode ser comprovado pela grande procura e aprovação de quem já utilizou o serviço. De acordo com pesquisa realizada em 2009, 90% dos turistas com destino a Jundiaí e 82% com destino a Mogi das Cruzes tiveram as expectativas superadas ou atendidas pela viagem. É possível ainda acompanhar o depoimento de quem já viajou no Expresso no “Diário de Bordo”.

A pesquisa mais recente, desta vez qualitativa, realizada entre novembro de 2010 e fevereiro de 2011, revela a aprovação do serviço pelos usuários e profissionais do setor turístico. Em geral, os entrevistados descreveram a viagem como "calma, boa para curtir a paisagem e no tempo suficiente", o que comprova o acerto na escolha dos roteiros e do serviço diferenciado. Os monitores também foram bem avaliados: "... dão explicações no percurso, são bem treinados, receptivos, atenciosos e delicados". A pontualidade ("britânica, dentro do combinado"), a segurança adequada e o conforto ("bom, tudo arrumado, limpo") também foram destacados pelos participantes da pesquisa.

Roteiros

Atualmente, os roteiros disponíveis são: Luz-Jundiaí (semanal, aos sábados), o primeiro a ser inaugurado; Luz-Mogi das Cruzes (quinzenal*, aos domingos), em funcionamento desde junho de 2009; e Luz-Paranapiacaba (quinzenal, aos domingos), que opera desde setembro de 2010.

Trem

O passeio é feito a bordo de um trem, composto por uma locomotiva, da CPTM, e dois carros de aço inoxidável fabricados no Brasil na década de 60. Cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), os vagões foram restaurados pela CPTM. São 174 poltronas para acomodar confortavelmente os turistas, além de espaço reservado para cadeira de rodas (com cinto de segurança e ancoragem da cadeira). Ao longo do percurso sobre os trilhos, que dura cerca de 1 hora e meia, monitores dão informações históricas sobre a ferrovia. As viagens para Mogi das Cruzes também contam com um vagão-bicicletário.

Passagem

O preço unitário da passagem é de R$ 30,00, exceto para os embarques na Estação Santo André, com destino a Paranapicaba, que saem por R$ 27,00. O bilhete é vendido das 6h às 18h30, todos os dias, na bilheteria da Estação da Luz localizada no acesso à Pinacoteca e na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André (Linha 10-Turquesa). Há descontos de 50% na compra de até três passagens para acompanhantes. O trem parte da plataforma 4 da Estação da Luz, às 8h30, e o retorno para São Paulo ocorre às 16h30, com chegada às 18h.

O bilhete da CPTM não contempla esses passeios, estes devem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo.

Fonte:CPTM