Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Braztoa lança Visa Waiver Now

Braztoa lança Visa Waiver Now

Publicada em : 22/09/2011

Movimento quer a flexibilização do visto entre Brasil e Estados Unidos; hotsite “conta” qual a perda diária com a exigência.

Já está no ar o endereço www.visawaivernow.com.br, um hotsite que conta, a todo segundo, quanto o Brasil deixa de ganhar com a exigência do visto para turistas entre Brasil e Estados Unidos. “O Visa Waiver Now busca sensibilizar as autoridades dos dois países para que entendam que o turismo é muito importante para todos e que as exigências para a obtenção de visto não consideram as perdas que os dois lados têm”, diz o presidente da Braztoa, Marco Ferraz.

A iniciativa ganhou força a partir do segundo semestre com o apoio da Fecomércio, por meio de seu Conselho de Turismo e Negócios. Lançado agora, durante o 36º Encontro Comercial Braztoa, o movimento já tem a adesão de 15 entidades, além de outras empresas do setor: Abav, Abgev, Abeoc, Abacorp, Aviesp, ABIH, Abremar, CBC&VB, Copa Sul Hotels, FBHA, Fecomércio, Ipeturis, Sindetur/SP, SP Turis, Panrotas, Revista Viaje Mais, Revista Viajar pelo Mundo, Expo Editoras, Resorts Brasil,US Travel, FOHB, Revista Viagem e Turismo e Prisma Business.

Perdas

Estima-se que, com a exigência do visto, o Brasil deixe de receber pelo menos 640 mil turistas americanos por ano, o que significa uma perda financeira na ordem de R$ 1.24 bilhões e também 2.240 milhões de noites de hotel a menos. O cálculo leva em conta o volume de turistas americanos que vem todos os anos ao nosso país. Há estudos que indicam que se o visto fosse flexibilizado, até dois anos este fluxo dobraria entre turistas dos dois países.

Como aderir

Por meio do www.visawaivernow.com.br profissionais do setor, assim como empresas e entidades, podem aderir ao movimento, autorizando o uso de sua declaração e/ou imagem para a campanha.

O que é o Visa Waiver

O Visa Waiver Program (VWP) é um programa do Governo dos Estados Unidos que permite aos cidadãos de países específicos viajar para os Estados Unidos para turismo ou negócios por até 90 dias sem ter que obter um visto. O programa aplica-se aos 50 estados dos EUA, bem como os territórios dos EUA de Puerto Rico e Ilhas Virgens, no Caribe, com aplicação limitada a outros territórios dos EUA. A maioria dos países escolhidos pelo governo dos EUA para estar no programa são economias de alta renda com Índice de Desenvolvimento Humano muito alto e são considerados países desenvolvidos.

Fonte:Público.Com Consultoria em Comunicação