Seu bairro

Home/ Notícias Online/ Seu bairro/ Retratos de uma vida

Retratos de uma vida

Publicada em : 01/11/2011

Vila Formosa comemora 88 anos

Dona de uma memória invejável, Maria Galera chegou na Vila Formosa em 23 de novembro de 1958. Vinda de terras espanholas com 28 anos de idade, sempre encontrou na Vila um lugar para morar. “As ruas não tinham asfalto, apenas nas grandes avenidas. Caminhar pelo bairro era um passeio cheio de tranquilidade. Não existiam faróis e nem lojas de armarinhos. Tudo que eu precisava, comprava na feira. Lembro-me que os guardas ajudavam as crianças a atravessar a rua”, conta.

Maria veio ao Brasil para se encontrar com o marido que a havia deixado na Espanha para tentar colher os frutos da terra que prometia dar muitos lucros, palavras de seu primo que já vivia por aqui. “A vida não foi fácil, sempre precisei trabalhar como costureira, mas consegui criar meus dois filhos aqui. Não me arrependo de nada que fiz”, pontua. Ainda dona de um lindo sotaque espanhol, essa simpática senhora diz que o idioma não foi uma barreira, mas que a vida não era tão fácil quanto o primo do marido havia contado. “Eu acredito que apesar das dificuldades, valeu a pena. Hoje, tenho filhos, noras e netos. A família é o mais importante”, salienta.


Ela viu a Vila crescer pela janela de sua casa, sentada em sua máquina de costura, de onde saíram belos vestidos e trajes para festas, até mesmo aquelas realizadas nas ruas desse bairro tão adorado por seus moradores. E Maria guarda com carinho muitas dessas recordações, inclusive uma roupa usada por um de seus filhos para o desfile de 7 de setembro (foto acima). “Passei a noite toda colocando as fitas de tafetá”, relembra enquanto manuseia o traje. 

Fonte:Revista IN