Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Especialista em Medicina do So...

Especialista em Medicina do Sono, Dra. Angela Beatriz Lana, ensina a organizar o relógio biológico durante o Horário de Verão

Publicada em : 24/10/2014

As pessoas que menos sofrem com a mudança de horário, são as que conseguem estabelecer uma rotina mais rápida de sono


Chegou a hora de adiantar o relógio e o correto seria que todas as pessoas já devessem estar se preparando para essa mudança há duas semanas, mas ninguém assim o faz.

Idealmente, deveríamos trazer o nosso relógio biológico aos poucos para o novo horário, de 5 a 10 minutos diariamente.

Como isso não acontece, são comuns as queixas de cansaço e mau humor, relacionados ao horário de verão. Ao adiantar uma hora em nossa rotina diária abruptamente, forçamos o nosso relógio hormonal a mudar o seu funcionamento também. Este relógio também precisa de umas duas semanas para se reorganizar. O resultado disso é que na maioria das vezes, queremos ir para cama no horário que estamos acostumados, mas temos que acordar uma hora antes para iniciar o dia.

As pessoas que menos sofrem com a mudança de horário, são as que conseguem estabelecer uma rotina mais rápida de sono, alimentação e compromissos no horário novo.
Essa adaptação pode começar no próprio fim de semana do adiantamento de horário.

Dicas:
- Evitar abusos alimentares e de bebida alcoólica neste fim de semana.
- Dormir um pouco mais cedo no sábado e no domingo, tirar cochilos. Isso se chama  reserva de sono e vai ajudar na semana que vai iniciar.
- Evitar cafeína e bebidas energéticas  a noite. Usadas para ajudar a combater o cansaço, podem impedir a mais adaptação do nosso relógio biológico.
- Usar Melatonina para reequilibrar o sono inicial.
- Não deixar de fazer o exercício físico habitual porque esta se sentindo mais cansado
- Tentar fazer cochilos rápidos de 15 a 20 min após o almoço.

Lembre-se sempre que dormir não é perda de tempo. Ao dormir bem, mantemos as nossas defesas funcionando a mil e ficamos protegidos de infecções!

Fonte:Notícia Expressa