Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Obesidade infantil

Obesidade infantil

Publicada em : 17/04/2013

1 em cada 4 crianças paulistanas é obesa


Levantamento realizado pelo programa “Meu Pratinho Saudável”, parceria do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da FMUSP com a LatinMed Editora em Saúde, aponta que 45% das crianças e adolescentes paulistas estão com sobrepeso ou obesidade infantil.

A pesquisa, realizada durante mutirões gratuitos realizados pelo programa em parques, estações de metrô e escolas da rede estadual de ensino, contou com a participação de 476 crianças, de dois a nove anos de idade. No total, foram avaliados 246 meninos e 230 meninas.

Realizada com base na avaliação nutricional e no cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC), que é relação entre peso e altura, o estudo apontou que, do total de crianças e adolescentes avaliados, 19% apresentavam excesso de peso e 26% (ou um em cada quatro) foram classificados como obesos.

Do total de meninas avaliadas, 22% estavam com sobrepeso e 24%, com índices de obesidade. Já entre os meninos, 16,6% apresentaram excesso de peso e 28% foram considerados obesos.

 “O crescimento da obesidade infantil está diretamente ligado aos hábitos alimentares, associado ao sedentarismo. Crianças obesas estão mais propensas a se tornar adultos obesos, elevando o risco de doenças como diabetes, cardiopatias e hipertensão”, diz Elisabete Almeida, diretora-executiva do programa “Meu Pratinho Saudável”. “Para evitar isso, precisamos conscientizar as crianças e, principalmente seus responsáveis, sobre a importância de uma alimentação saudável e equilibrada que deve ser mantida em todas as etapas da vida”,  observa.

 Além das avaliações nutricionais, durante as ações do programa foram desenvolvidas para as crianças atividades didáticas com alimentos em resina, distribuição de quebra-cabeças educativos e jogos interativos com tablets.

Fonte:Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo