Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ VI Mutirão Nacional de Cirurgi...

VI Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança

Publicada em : 02/08/2012

A expectativa é de superação da marca alcançada em 2011, quando mais de 550 crianças foram atendidas. As inscrições estão abertas

té o momento, 18 serviços já se inscreveram junto à Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (CIPE) para participar do VI Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança, que será realizado no dia 18 de agosto. Essas adesões vieram do Distrito Federal e dos estados da Bahia, do Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de São Paulo e do Tocantins, mas a CIPE espera que todos os serviços que participaram do mutirão em 2011 também se empenhem na preparação da edição 2012, assim como outras unidades.

“Nosso objetivo é superar os 554 atendimentos realizados no Mutirão Nacional 2011, quando 19 serviços, de 11 estados e do Distrito Federal se integraram a esse esforço concentrado para abreviar o tempo de espera de crianças e adolescentes, com indicação cirúrgica, em hospitais, principalmente nos públicos”, declara o presidente da CIPE, Dr. Max Carsalad Schlobach.

Na data, médicos, anestesiologistas e equipes cirúrgicas voluntários deverão efetuar principalmente cirurgias ambulatoriais – como de hérnias, fimose, testículos fora de lugar, hipospadia (uma anomalia congênita, em que o orifício uretral masculino se apresenta em local incorreto) e retirada de cistos –, que geralmente não implicam na internação do paciente. Porém, nada impede que pacientes com quadros mais complexos também sejam operados durante o mutirão. “Essa decisão cabe ao serviço e aos profissionais envolvidos”, comenta o Dr. Max. No Hospital do Círculo (serviço Pró-Face), de Caxias do Sul (RS), por exemplo, a equipe participante irá se concentrar na realização de cirurgias de fissura lábio-palatina.

Na data do mutirão serão operados pacientes anteriormente cadastrados nos serviços, já que, na maioria dos casos, os procedimentos pressupõem a realização de exames prévios.

Adesões confirmadas
Além do Hospital do Círculo, está confirmada a participação das seguintes unidades de saúde: Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), de Brasília (DF); Hospital da Criança das Obras Sociais de Irmã Dulce (OSID) e Hospital Martagão Gesteira, de Salvador, Hospital Octavio Pedreira, de Santo Amaro da Purificação, e Hospital Estadual da Criança, de Feira de Santana, na Bahia; Instituto Pobres Servos da Divina Providência (Hospital Divina Providência), de Marituba, Fundação Santa Casa do Pará, de Belém, e Hospital Regional Público do Araguaia (HRPA), de Redenção, no Pará; Hospital Infantil Lucídio Portella/Universidade Estadual e Universidade Federal do Piauí, de Teresina, no Piauí; Hospital São Zacharias, na capital fluminense, Hospital dos Plantadores de Cana de Campos dos Goytacazes e Hospital Público Municipal, de Macaé, no estado do Rio de Janeiro; Serviço Pró-Face, do Hospital do Círculo, de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul; Hospital de Base de São José do Rio Preto (da Faculdade de Medicina de Rio Preto-FAMERP), Hospital Santa Casa de Misericórdia, de Araras, Hospital São Camilo (Santa Casa), de Itu, e Instituto da Criança do Hospital das Clínicas (FMUSP), de São Paulo, no estado de São Paulo; e o Hospital Infantil de Palmas, no estado do Tocantins.

A CIPE conta o esforço das Cipes Regional e Estaduais e de seus associados para expandir o número de adesões e, com isso, o atendimento de maior volume de pacientes.

O processo de adesão é simples. Para se cadastrar, o responsável pelo serviço deve enviar uma mensagem para a secretaria da CIPE (secretaria@cipe.org.br), confirmando a participação e informando seu nome e do hospital. Informações adicionais também poderão ser obtidas pelos telefones 11 3814-6947 e 11 3032-8955, no período da tarde.

Fonte:Assessoria de Comunicação - CIPE