Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Dengue não impede amamentação

Dengue não impede amamentação

Publicada em : 20/05/2011

Estudo preliminar no HC de Ribeirão Preto aponta que não houve transmissão para os bebês amamentados

As mães infectadas pelo vírus da dengue podem e devem continuar a amamentação normalmente durante o período em que estiverem doentes.

A recomendação é do médico infectologista Benedito Antonio Lopes da Fonseca, do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, que garante não haver contraindicação da amamentação para o bebê.
"Caso a mulher esteja infectada pela dengue e tenha energia para amamentar, estará trazendo benefícios para a criança", afirma Fonseca.

Segundo o médico, a dúvida é frequente nas mulheres que amamentam, quanto à possibilidade de transmissão do vírus.
"Não há perigo de contaminação, uma vez que a dengue não passa pelo leite. A doença só é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti", explica o infectologista.
Segundo Fonseca, um estudo preliminar no HC de Ribeirão Preto, com seis mulheres que tiveram dengue no final da gestação, mostra que em nenhum dos casos houve transmissão do vírus da dengue para os bebês depois de amamentados.

Segundo o médico, a amamentação não pode ser encarada como uma vacina contra a doença. O que significa que todos os cuidados de higiene e as recomendações para se evitar a proliferação da dengue devem ser mantidos.
 

Fonte:Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo