Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Dente do siso

Dente do siso

Publicada em : 01/02/2019

Mitos e verdades

Divulgação
"Dentes do siso" são os últimos dentes a nascerem na gengiva. Eles costumam nascer (na maioria dos casos) entre 17 e 25 anos, fato que os fazem serem chamados de "dentes do juízo", por aparecerem próximo ao final da adolescência, ou início da vida adulta.

Antigamente a perda dos primeiros dentes acontecia muito cedo e o terceiro molar, como é acadêmica e cientificamente chamado, surgia como um apoio para manter uma boa atividade mastigatória. Mas, com o passar dos anos, da evolução na odontologia e melhoria na higiene bucal, os dentes passaram a ter maior durabilidade e os sisos perderam sua função inicial.

A maioria das pessoas possui quatro dentes do siso, sendo dois superiores e dois inferiores. Em alguns casos não há mais espaço para os sisos nascerem, por isso a necessidade de extração. Mas, será que todo mundo nasce com os sisos? É hora de desmitificar alguns conceitos:
• Precisa esperar o dente nascer parar arrancá-lo - MITO
Com a ajuda de radiografias é possível descobrir se há risco no nascimento de algum dos dentes de siso do paciente, caso ele esteja mal posicionado é possível agir realizando uma cirurgia de dentes inclusos ou retidos.


• É normal não ter dentes de siso - VERDADE
Algumas pessoas não desenvolvem o terceiro molar, ele simplesmente não existe por fatores genéticos ou ele pode estar ali, mas não ocorre a sua erupção (não nasce).

• Os sisos podem atrapalhar o alinhamento dos outros dentes - CONTROVERSO
Isto é muito controverso na literatura científica, não tendo sido comprovado que os terceiros molares criem uma força que cause apinhamento dos outros dentes da arcada. Por tanto, a indicação de extração do terceiro molar, unicamente para prevenir o apinhamento dentário não se justifica.
Para indicar a extração deste dente, devem ser avaliados outros fatores, tais como o risco de cárie e de bolsa periodontal no próprio siso ou no dente adjacente, associação do siso a um cisto ou tumor, risco de pericoronarite (inflamação da gengiva que recobre o siso) ou pacientes que estão planejando fazer tratamento ortodôntico, por indicação do ortodontista, explica o Dr. Roger Nishyama.

• Não é recomendado retirar os sisos na adolescência - MITO
O dentista irá indicar o melhor momento, mas nessa fase a raiz do dente ainda não está completa o que, facilita esse processo.

Para os casos mais complexos de cirurgia para retirada de dente do siso, a Lira Odonto tem como opção a sedação com analgesia inalatória. Trata-se do que chamamos de sedação consciente. É um método que promove a diminuição do estresse e ansiedade, extremamente seguro, previsível, de rápida recuperação podendo ser usado até mesmo em crianças.

Fonte:Agência EmeDois