Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Hospital de Câncer de Barretos

Hospital de Câncer de Barretos

Publicada em : 19/12/2014

É eleito o melhor hospital público de São Paulo

divulgação
O Hospital de Câncer de Barretos foi o grande destaque da 4ª Edição do Prêmio “Melhores Hospitais”, projeto realizado pela Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo, realizada na segunda-feira (15/12).  A instituição ganhou em três categorias: melhor hospital, internação e ambulatório. Excelência em oncologia, o Hospital de Câncer de Barretos registra 4 mil atendimentos/dia, 100% SUS. Acolhe pacientes de todo o Brasil, com profissionalismo e humanização.

A Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo realizou pesquisa de satisfação entre 2013 e 2014. Ouviu 158 mil usuários e 950 estabelecimentos conveniados ao SUS em 349 cidades do estado. Os pacientes avaliaram: serviço, infraestrutura, limpeza, qualidade de atendimento e informações passadas pelos funcionários de cada instituição.

O principal objetivo da premiação é monitorar a qualidade de atendimento e a satisfação do usuário, reconhecer os bons prestadores, identificar possíveis irregularidades e ampliar a capacidade de gestão eficiente da saúde pública.

Na categoria “Internação”, o Hospital de Câncer de Barretos liderou o ranking interior, com mais de 97% de aprovação. A instituição também teve um alto índice no quesito “Ambulatório” - 96,5% dos usuários disseram estar satisfeitos com o trabalho realizado.

Em 2013, o Hospital de Câncer de Barretos realizou 620.849 atendimentos a pacientes vindos de todos os estados do país - um recorde de cobertura. O hospital tem 260 médicos e mais de 3 mil funcionários.

Em 2000, foi escolhido pelo Ministério da Saúde como o melhor hospital público do país. Em 2011, tornou-se “instituição irmã” do MD Anderson Cancer Center (EUA), o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo, e ainda recebeu um prêmio da AVON como “Campeão Mundial em Avanço na Área Médica no Combate ao Câncer de Mama”. Em 2012 assinou acordo com o Saint Judes Children´s Research Hospital e tornou-se “instituição gêmea”.

Fonte:Fernanda Sene