Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Dicas para evitar colisões com...

Dicas para evitar colisões com motos

Publicada em : 25/08/2012

Seguradora Líder, que administra o seguro de trânsito DPVAT, divulgou, recentemente, que os acidentes de moto aumentaram em 2012


Dados da seguradora que administra o seguro de trânsito DPVAT apontam as motos como os veículos que representam o maior caso de indenizações ligadas às colisões e batidas, com 69% em relação aos demais veículos. Estes acidentes têm aumentado proporcionalmente ao número de motos compradas e é provocado pela imprudência e imperícia.

O técnico em segurança no trânsito da Cooperativa Rio da Prata, Ulisses Pereira, explica que é necessário bom senso ao dirigir no trânsito pesado e atenção redobrada, principalmente, em horários de pico, em que é comum os congestionamentos.

“Os veículos fazem manobras durante os engarrafamentos e, em alguns casos, a moto não é visível ao retrovisor de outros motoristas, o que chamamos de ponto cego, o que torna a colisão inevitável.”

A utilização de equipamentos de segurança é fundamental, mesmo que em trechos curtos.

“As motos tem suas limitações. Por não ter air bags e cinto de segurança, quem as manobra se expõe mais aos riscos do trânsito. Por isso é indispensável o uso do capacete, não importa a distância que será percorrida.”

Direção segura em motos

- A moto é o meio de transporte que requer equipamentos como calças e jaquetas especiais de couro, para que o atrito seja menor em casos de colisões. Já o capacete é imprescindível, porque age como um amortecedor em quedas, evitando que o contato direto da cabeça com o chão seja fatal.

- As antenas com navalha são tão importantes quanto os capacetes. Elas protegem das linhas com cerol, que provoca mortes e acidentes.

- As roupas para a noite devem ter olho de gato, que sinaliza a presença do veículo em ambiente de pouca iluminação.

- O motociclista, por portar um veículo menor, deve se fazer notar nas vias, principalmente quando são formados corredores, onde as batidas são mais frequentes. A utilização de buzinas e faróis chama a atenção de outros motoristas.

- Na estrada, a atenção deve ser redobrada quando o asfalto é irregular. O motociclista deve reduzir a velocidade em trechos que não conhece. Uma lombada mal sinalizada pode provocar um acidente grave.

Fonte:Joyce Lima