Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Salvador tem as piores calçada...

Salvador tem as piores calçadas do Brasil

Publicada em : 03/05/2012

Estudo apresentado pela ONG Mobilize revelou as condições de calçadas em 12 capitais do país

O Mobilize Brasil, movimento em prol da mobilidade urbana sustentável, apresentou no dia 26 de abril, em São Paulo (SP), levantamento sobre as condições das calçadas em pontos-chave de doze capitais do país. São elas: Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), São Paulo, Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Brasília (DF), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Natal (RN), Recife (PE) e Manaus (AM).

Segundo o levantamento intitulado Calçadas do Brasil, as dez calçadas em pior situação estão em Salvador, Rio de Janeiro, Manaus e Recife. Considerando a média geral das cidades, que engloba todos os trechos avaliados, Manaus é que tem a pior nota (3,6), seguida por Rio de Janeiro (4,5) e Salvador (4,61).

Ao todo, foram avaliadas 102 calçadas, a partir de oito critérios: irregularidades no piso, largura mínima de 1,20 m, conforme norma ABNT, degraus que dificultam a circulação, outros obstáculos, como postes, telefones públicos, lixeiras, bancas de ambulantes e de jornais, entulhos etc, existência de rampas de acessibilidade, iluminação adequada da calçada, sinalização para pedestres, paisagismo para proteção e conforto.

Apesar das condições das calçadas de Manaus, Rio de Janeiro e Salvador chamarem a atenção, todas as capitais avaliadas apresentam problemas, ressalta o coordenador do levantamento Marcos de Sousa. Irregularidades no piso, excesso de obstáculos físicos e falhas de sinalização, por exemplo, são alguns dos problemas comuns à maior parte dos locais visitados pela equipe do Mobilize Brasil.

“A nota de corte para uma calçada ser considerada de qualidade é 8. Apenas 21 das 102 calçadas analisadas alcançaram essa nota, o que mostra que a situação é de precariedade na imensa maioria das cidades avaliadas", afirma o coordenador.

Marcos de Sousa lembra que o levantamento é apenas o início da campanha Calçadas da Brasil. A ideia é que as próprias pessoas possam mostrar a situação das calçadas da sua cidade. O mesmo formulário usado pela equipe do Mobilize Brasil estará disponível para o público, no portal: www.mobilize.org.br. “A partir desse panorama mais amplo, vamos formatar um documento para entregar aos Ministérios públicos e prefeituras e ao Ministério das Cidades, chamando a atenção para o problema.”.

O estudo completo está disponível no Portal Mobilize Brasil: www.mobilize.org.br
 

Fonte:Mandarim Comunicação