Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Competitividade global

Competitividade global

Publicada em : 19/09/2011

Brasil sobe cinco posições e fica em 53º lugar no ranking

A Suíça lidera o ranking geral no Relatório Global de Competitividade 2011-2012, anunciado hoje pelo Fórum Econômico Mundial. No Brasil, o documento é elaborado em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) e a Fundação Dom Cabral. Cingapura ultrapassou a Suécia, ficando com a 2a posição. Países da Escandinávia e do Oeste Europeu dominaram os top 10 do ranking, com Suécia (3o), Finlândia (4o), Alemanha (6o), Países Baixos (7o), Dinamarca (8o), e o Reino Unido (10o). O Japão continua como o segundo país asiático a aparecer no ranking, em 9o lugar, apesar de cair três posições com relação ao ano passado.

A República Popular da China (26o) continua a liderar entre as grandes economias emergentes, ganhando um posto e solidificando sua posição entre as top 30. Entre as outras quatro economias dos BRICs, a África do Sul (50o) e o Brasil (53o) subiram, enquanto a Índia (56o) e a Rússia (66o) tiveram pequenas quedas. Muitas economias asiáticas tiveram forte desempenho, com o Japão (9o) e Hong Kong (11o) entre as top 20.

O ranking do Relatório Global de Competitividade é baseado no Índice de Competitividade Global (GCI, em inglês), desenvolvido para o Fórum Econômico Mundial por Sala-i-Martin e introduzido em 2004. O modelo engloba 12 categorias – os pilares da competitividade – que, juntos, oferecem uma ampla descrição da paisagem competitiva de um país. Os pilares são: instituições, infra-estrutura, ambiente macroeconômico, saúde e educação primária, educação superior e capacitação, eficiência no mercado de bens, eficiência no mercado de trabalho, desenvolvimento do mercado financeiro, prontidão tecnológica, tamanho de mercado, sofisticação de negócios e inovação. 

Fonte:Máquina Public Relations