Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Programa Zeladores de Praça

Programa Zeladores de Praça

Publicada em : 08/09/2011

Oito Subprefeituras passarão a fazer parte do projeto

São Paulo vai ganhar mais 443 pessoas responsáveis por praça até o fim de setembro. É o que garante a Prefeitura de São Paulo, que levará o programa Zeladores de Praça para mais 8 Subprefeituras paulistanas. Por intermédio das Secretarias de Coordenação de Subprefeituras, do Verde e Meio Ambiente e de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, a iniciativa ampliará em cerca de 20% o quadro de profissionais destacados para cuidados com áreas verdes da cidade - hoje há cerca de 2.000.

Atualmente, 16 Subprefeituras têm zeladores de praças: Butantã, Cidade Tiradentes, Itaim Paulista, Jabaquara, Lapa, Penha, Perus, Pinheiros, Pirituba, Santo Amaro, São Mateus, São Miguel Paulista, Sé, Vila Maria, Vila Mariana e Vila Prudente. As 8 Subprefeituras que entrarão no programa são Aricanduva, Campo Limpo, Capela do Socorro, Guaianases, Itaquera, Jaçanã/Tremembé, M´Boi Mirim e Santana. Para a capacitação e manutenção dos novos profissionais a Prefeitura investirá R$ 5 milhões. Atualmente, 1.732 praças contam com seus zeladores.

Implantado em 2008, o programa Zeladores de Praças tem como objetivo aprimorar a manutenção das praças da cidade, bem como qualificar trabalhadores desempregados no ofício de jardineiro. É focado em pessoas desempregadas com mais de 30 anos pertencentes a famílias de baixa renda, moradoras do entorno das praças e áreas verdes em que a ação acontece. Os aprovados no curso de capacitação podem ficar em atividade no projeto durante 23 meses após o curso, e durante sua permanência recebem outros cursos de capacitação na área de jardinagem/paisagismo.

O zelador fica responsável por pequenos reparos, manutenção de pisos, mobiliário, vegetação e limpeza da praça da sua região. A seleção e contratação dos profissionais são realizadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, por intermédio do Programa Operação Trabalho (POT). Os zeladores recebem R$ 572,25 para o trabalho, além de um diploma de Capacitação em Jardinagem com foco em manutenção de praças.

Fonte:Secretaria de Coordenação das Subprefeituras