Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ São Paulo tem mais de 500 mil ...

São Paulo tem mais de 500 mil imóveis com apenas um morador

Publicada em : 08/08/2011

Número de brasileiros morando sozinhos aumentou 12 % nos últimos 20 anos

O número de brasileiros vivendo sozinhos aumentou consideravelmente nos últimos 20 anos, as moradias com apenas uma pessoa já representam mais de 12% da população, ultrapassando os dados das residências com cinco pessoas, que atualmente, são cerca de apenas 10% do total. Atualmente, mais de 500 mil casas em São Paulo possuem só um morador. Segundo pesquisa do Censo Demográfico de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas que vivem sozinhas é de 6,9 milhões, valor superior aos 2,4 milhões constatados em 1991. O aumento da renda do brasileiro e o envelhecimento da população estão entre os principais fatores para esse cenário.

O mercado dos solteiros movimenta cerca de R$ 1,1 bilhão por mês, segundo um levantamento da empresa Escopo Geomarketing. Entre os gastos desse público estão R$ 595 milhões em alimentação fora de casa e R$ 167, 16 milhões com higiene pessoal. De olho no potencial desse consumidor, empresas de vários setores oferecem produtos para este segmento, é o caso do mercado imobiliário, em que a comercialização de imóveis de um dormitório em São Paulo representou 13,3 % das vendas em maio, segundo dados do Secovi. Uma pesquisa da Empresa Brasileira de Estudos Patrimoniais (Embraesp) aponta que o custo desses imóveis gira em torno de R$ 331 mil.

A Requadra – Desenvolvimento Imobiliário é uma das empresas que atua nesse setor, entre os produtos ofertados pela organização estão os apartamentos compactos com um dormitório, com localização privilegiada no Centro de São Paulo. “Com o aumento do poder de compra da população e a facilidade de financiamentos, muitas pessoas procuram empreendimentos com essas características e que ofereçam fácil locomoção”, comenta Marcos França, diretor comercial da Requadra. Para compensar a redução de espaço, os empreendimentos oferecem uma série de serviços que atraem esse público como espaço gourmet, salão de jogos, salão de festas, espaço para reuniões, vestiário para empregados domésticos e lavanderia coletiva.

Fonte:Misasi Comunicação