Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Aluguel diário de imóvel na Fe...

Aluguel diário de imóvel na Festa do Peão de Barretos varia de R$ 1.042,86 a R$ 2.666,67

Publicada em : 03/08/2011

A diária de locação de imóveis de 4 dormitórios na cidade subiu de R$ 677,20 para R$ 2.666,67

Alugar um imóvel durante a temporada da mais tradicional festa de Peão de Boiadeiro do País, a de Barretos, no Interior de São Paulo, está custando este ano até 293,78% a mais que no ano passado. A diária de locação de imóveis de 4 dormitórios na cidade era cotada a R$ 677,20 em 2010 e agora está em R$ 2.666,67 para o período de 18 a 28 de agosto próximo, quando ocorrem os shows e rodeios.

Esse é o valor mais caro de imóveis particulares oferecidos à locação em 6 imobiliárias da cidade que responderam à consulta feita pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CRECISP). O imóvel mais barato em oferta é o de 2 dormitórios, que tem a diária cotada a R$1.042,86. Esse valor é 198,19% maior que os R$349,73 pedidos em agosto do ano passado.

Entre esses dois extremos, imóveis de 3 dormitórios estão sendo oferecidos à locação diária por R$1.296,67, ou 80,15% a mais que no ano passado. A pesquisa CRECISP também encontrou oferta de chácara com casa de 5 dormitórios por R$1.500,00 a diária.

As imobiliárias pesquisadas informaram que os proprietários estabeleceram limites mínimos de diárias, e máximos de pessoas, que podem ser acomodadas nos imóveis. Em casas de 2 dormitórios, por exemplo, podem se hospedar entre 8 e 10 pessoas e o período mínimo de locação varia de 3 a 4 dias. Na chácara de 5 dormitórios, com limite mínimo de 3 diárias, o máximo de pessoas admitidas chega a 40.

"Imóveis particulares oferecem mais privacidade, intimidade e liberdade que hotéis, daí haver grande interesse por esse tipo de locação em festas como essa de Barretos", afirma José Augusto Viana Neto, presidente do CRECISP. "O preço é sempre possível de se negociar, tarefa que costuma ser facilitada quando se faz a locação com a ajuda de um corretor de imóveis e com a maior antecedência possível", esclarece.

Fonte:Conselho Regional de Corretores de Imóveis