Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Mudança para a nova casa

Mudança para a nova casa

Publicada em : 01/02/2019

Personal Organizer Aline Delavy dá dicas para planejar e organizar

Divulgação

Mudanças residenciais podem ser estressantes e cansativas para quem não tem experiência no assunto. “A organização das roupas, louças, objetos de pequeno porte, o embalamento deles e o transporte pode ser realizado de forma tranquila, desde que o cliente siga alguns passos que facilitarão este processo de transição”, comenta a personal organizer Aline Delavy.

A especialista em organização, que presta serviços de planejamento de pré e pós-mudança, explica que é necessário avaliar a antiga moradia para ter noção da quantidade de móveis e objetos que estão na casa para orientar o cliente de como eles poderão ser dispostos na nova residência. Nesta etapa, o primeiro item a ser analisado é o que o morador vai de fato levar para a casa nova e o que não será transportado.

“É feita uma lista de descarte das coisas que não valem a pena serem levadas, pois não serão necessárias na nova casa. Avaliamos roupas, sapatos, eletrônicos, eletrodomésticos, produtos vencidos, como remédios, de limpeza, perfumes. Tudo é observado. Este é o momento do descarte, do desapego. No entanto, se o cliente não tiver tempo de realizar este julgamento antes da mudança, o ideal é que logo que chegar ao novo espaço, durante a organização, esses itens sejam retirados. Tanto no antes como no depois, toda a família deve estar comprometida e junta para a concretização do descarte ”, explica Aline Delavy.  

Organizando o novo local

De acordo com a Personal Organizer, o novo local deve estar limpo para receber a mudança e as medidas devem ser observadas para que os móveis possam ser dispostos da forma mais organizada. Ela ressalta ainda, que produtos organizadores adequados podem fazer a diferença no ambiente.

“A organização exige uma metodologia específica, técnicas de dobras, produtos organizadores, como cestas para colocar no banheiro, caixas organizadoras em armários ou colmeias nas gavetas para colocar a lingerie, pois cada um terá a função de facilitar na rotina diária. Durante a arrumação dos móveis na nova residência é importante deixar o que será mais utilizado na altura dos olhos e o que não for de uso frequente deve ser disposto nos compartimentos superiores ou inferiores da mobília. A intensão é que quando o cliente abrir o armário (cozinha ou quarto) ele consiga identificar tudo o que tem dentro”.

Orientações para planejar a mudança

Segundo a Personal Organizer Aline Delavy, quando uma pessoa planeja mudar de casa, ela deve ponderar os seguintes aspectos:

1. Qual a data prevista da mudança?

2. Quem embalará os itens? O dono (a) da casa ou uma empresa?

3. Fazer um orçamento com as empresas do ramo.

4. Verificar se a empresa tem a data que se deseja.

5. Na data escolhida, checar se está tudo ok pelo prédio (se for o caso) a mudança ocorrer. “Tem muitos prédios que possuem restrições para determinados dias e horários.”

6. Conferir se o material (caixas, plásticos bolhas, etc) para a mudança será levado pela empresa ou o cliente terá que comprar.

7. Eleger uma pessoa de confiança para acompanhar a mudança.

8. Certificar se há local para a transportadora parar o caminhão.

9. Checar se todos os móveis passam pela porta; se entram no elevador ou haverá necessidade de içar algum item.

10. Fazer a caixa da primeira noite com roupas de cama, banho, itens de higiene pessoal e roupas para alguns dias.

11. Na semana da mudança é necessário esvaziar a geladeira com calma e um dia antes, desliga-la.

12. Os itens de valor como joias, dinheiro e pequenos objetos de valor sentimental, devem ser transportados pessoalmente pelo cliente. Nenhum desses elementos deve ficar sob a responsabilidade da transportadora.

13. Fazer um check list de todos os itens que saíram da casa/apto com a transportadora e verificar se chegaram no local novo.

“Quando uma pessoa que está de mudança marcada, optar por realizar esta ação com uma transportadora e contratar um personal organizer, será um grande passo para o sucesso. O personal organizer saberá categorizar os itens em caixa, embalará corretamente os objetos, ficará responsável por contratar os profissionais para desmontar e montar os móveis, instalar itens como suporte para TV, etc. O personal organizer pensará nos detalhes de toda a mudança, para que o cliente possa ter satisfação de curtir com a toda a família a nova casa e ali construir uma nova história, uma nova vizinhança, novos amigos para os filhos, encontrar uma nova padaria para aquele momento delicioso do café da manhã, entre tantas outras coisas boas”, finaliza Aline Delavy .

Personal organizer, consultora, palestrante, Aline Delavy é especializada em organização residencial e planejamento de mudanças residenciais. Formada em Estatística pela Unicamp, atuou neste mercado por quase uma década ocupando posições estratégicas dentro de uma instituição financeira. Nos cargos que ocupou aprendeu sobre otimização de tempo, sigilo, atendimento personalizado, planejamento estratégico e, principalmente administração de recursos financeiros – altos ou baixos – e como aplica-los aos projetos para alcançar resultados satisfatórios, entre outras qualificações inerentes a uma Personal Organizer que busca mostrar a seus clientes que organizar os espaços de convivência transforma suas vidas.

Fonte:Sther Comunicação Integrada