Imóveis

Home/ Notícias Online/ Imóveis/ Mercado Imobiliário em expansã...

Mercado Imobiliário em expansão

Publicada em : 18/12/2013

RealtON fala sobre tendência do mercado Imobiliário para 2014

Divulgação

Segundo recente pesquisa divulgada pelo Secovi-SP, o mercado de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo cresceu 31% de janeiro a outubro de 2013, se comparado ao mesmo período de 2012. O ano foi favorável ao mercado imobiliário e para as construtoras que apostaram nos imóveis de 1 dormitório  - que alcançaram mais de 7 mil unidades vendidas até outubro deste ano, devido a pouca oferta de unidades hoteleiras, se tornando alternativa de hospedagem na cidade.

De acordo com Rogério Santos, CEO da RealtON, o balanço de 2013 foi positivo: “Tivemos um ano positivo de vendas. O investimento em imóvel apresentou grande liquidez e segurança. Ampliamos as vendas de apartamentos compactos, mas percebemos que a demanda já se estabiliza.  Os imóveis com 2 dormitórios ainda são os mais procurados,” pondera Santos.

Nos meses de outubro, novembro e dezembro, vários empreendimentos foram lançados na capital, e, devido ao volume, as incorporadoras não tiveram tempo de consolidar as vendas. Nesse cenário, os novos imóveis entrarão em 2014 praticamente como relançamentos, ou seja, imóveis em estoque.

Devido à sazonalidade do mercado imobiliário, todo início de ano demonstra uma tendência de menor velocidade de vendas em imóveis.

Ainda assim, para 2014, Rogério Santos percebe um mercado dinâmico e estável: “Temos a previsão de crescer  62% nas vendas da RealtON em 2014 e nossa atuação no online cresce 8% ao mês. Há investidores de outros países interessados no modelo de negócios de outlet de imóveis, e a RealtON é a pioneira no mundo nesse formato.   Iniciamos nossa atuação também em Campinas e Jundiaí no final do ano, levando  as vantagens dos descontos oferecidas pela RealtON ao interior paulista.  A perspectiva de expansão vem se consolidando. Continuaremos em grandes parcerias com as maiores incorporadoras do Brasil, oferecendo aos consumidores e investidores, preços altamente competitivos. O mercado imobiliário no país se apresenta estável, apesar das inconstâncias da economia,” analisa o CEO.

Vários fatores apontam para a continuidade do crescimento do mercado imobiliário em 2014. Uma delas é a tendência da compra de imóvel pelas classes B e C, que estão indo em busca da casa própria cada vez mais cedo. Um levantamento realizado pela Caixa Econômica Federal mostra que, até setembro de 2013, 57% dos financiamentos imobiliários foram realizados por clientes com idade inferior a 35 anos.

A instabilidade da economia faz com que o mercado imobiliário seja alternativa para a proteção do capital. É um investimento seguro, se comparado ao mercado financeiro. Boas condições oferecidas para a compra do imóvel também são fatores importantes para a estabilidade do mercado.

Fonte:Clozel Comunicação