Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Programa inovador leva 21 jove...

Programa inovador leva 21 jovens do FIES para estudar no exterior

Publicada em : 09/10/2014

Grade curricular de faculdade de Administração é composta por coaching e curso de negócios no Canadá


Com uma ação inédita, a Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior (FAPPES) proporciona aos jovens das classes C/D a oportunidade de cursar a faculdade de Administração de maneira inovadora e com formação completa por meio do Programa Futuro Executivo, que contempla, entre outros diferenciais, a vivência cultural durante os estudos de Business, na McGill University, em Montreal, no Canadá, listada entre as 25 melhores do mundo[1] e com 9 Prêmios Nobel. Detalhe: sem pagar mais nada por isso, além da mensalidade.

Já no primeiro ano, além da grade curricular da graduação, o aluno participa de coaching, orientação de carreira, cursos de extensão e palestras. A partir daí, o jovem entra em uma verdadeira imersão preparatória para a vida profissional, com aulas de inglês que visam deixá-lo pronto para o mercado de trabalho e seu primeiro grande desafio fora do Brasil: o módulo internacional, na McGill University. Para concluir o Programa Futuro Executivo, o aluno ainda fará uma pós-graduação MBA Executivo, que se inicia logo após o término da graduação. A maior parte dos estudantes que compõe o Futuro Executivo ingressou na faculdade por meio do programa de Financiamento Estudantil (FIES) do Governo Federal, onde o aluno estuda agora e só começa a pagar um ano e meio após se formar. 

A primeira turma, composta por 21 alunos, acaba de retornar de uma experiência de 28 dias no Canadá entusiasmada com o aprendizado e enriquecimento cultural.

Atravessando Fronteiras - Os estudantes da FAPPES que estiveram na McGill University, em agosto deste ano, frequentaram 80 horas de curso, durante três semanas intensivas, com aulas em período integral. Na grade, preparada especialmente para a FAPPES, estavam:  Professional Business Communication and Networking, Fundamentals of Business e Fundamentals of Organizational Behavior. Todos os alunos ficaram hospedados no campus da universidade.

Lucas Bertele tem 22 anos e foi um dos alunos da FAPPES que viajaram para Montreal. “Muitas pessoas da minha família não deram crédito quando contei que iria para o Canadá, achavam que eu estava sonhando. Só acreditaram mesmo quando me viram entrar no avião”, conta.

Para o estudante, o maior impacto que sofreu ao entrar no Canadá foi em relação à segurança e à postura das pessoas. “Fiquei impressionado com a educação, a prática da cidadania, o respeito pelo ser humano, além da segurança, andar na rua às 11 horas da noite sem medo de ser assaltado”, conta Bertele, que afirma que a sua autoconfiança foi reforçada durante a viagem. “Voltei com uma certeza de que sou capaz de realizar tudo o que objetivar. O mundo é meu!”

Os alunos da FAPPES que viajaram para o Canadá foram acompanhados pelo diretor de Marketing da instituição, Bruno Berchielli. “O que mais me impressionou foi a rapidez que muitos demonstraram na desenvoltura com o inglês”, comenta.

Para os idealizadores do Programa Futuro Executivo, a intenção do módulo internacional é o de também proporcionar a troca de conhecimento com outras culturas, o que impacta positivamente no relacionamento e crescimento profissional, além de valorizar muito o currículo o fato de constar um intercâmbio em uma universidade de renome mundial como a McGill.

Fora do Programa, um curso de verão na McGill University sai em torno de 40 mil reais por estudante, contando passagens aéreas, alimentação e hospedagem. Todos os custos, desde passaporte até a hospedagem foram arcados pela FAPPES.

“Por meio da metodologia holística criada para o Futuro Executivo, o nosso aluno começa a compreender que a educação é o melhor caminho para a transformação pessoal e profissional”, conta Leandro Berchielli.

Metodologia - O modelo de ensino foi desenhado para dar oportunidade aos jovens com menor poder aquisitivo de atender às atuais exigências do mercado de trabalho, preparando-os para enfrentar os desafios da vida profissional. “O objetivo é proporcionar o acesso desse jovem a um ensino e formação de qualidade, sem pagar mais nada por isso. É o que chamamos de pensar fora da caixa”, conta Carlos Eduardo Tieppo, Coordenador Acadêmico da FAPPES.

Fonte:Tierno/Gengibre Comunicação