Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ III Semana da Sustentabilidade...

III Semana da Sustentabilidade

Publicada em : 22/05/2012

Os encontros abordarão temas que também serão discutidos durante a Rio +20


Até que ponto a tecnologia pode ajudar a busca pela sustentabilidade? Esse é o tema central da III Semana da Sustentabilidade promovido pela Livraria Cultura do Bourbon Shopping SP e o Instituto Baraeté. Os encontros que acontecerão de 30 e maio a 03 de junho, abordarão temas que também serão discutidos durante a Rio +20 como, por exemplo, segurança alimentar e energética e economia verde. Personalidades influentes e engajadas no tema como o Prof. Otavio de Mattos Silvares – Reitor do Instituto Mauá de Tecnologia, Miguel Dabdoub – um dos pioneiros na elaboração do biodiesel, Renata Koga – Instituto E (dirigido por Nina Braga) e Paulo Kayma - Percussionista brasileiro, são alguns dos convidados que integram o time.

A programação contará com debates, palestras, atividades lúdicas, uma ação interativa, oficinas e um desfile-debate. Para participar, basta retirar senha com 1h de antecedência no local. Todas as atividades são gratuitas.

Programação da III Semana da Sustentabilidade

Quarta-feira, 30 de maio, das 19h30 às 21h30
Debate: Conscientizar ou Consertar: Tecnologia e Mudança de Hábitos. A atividade visa discutir uma sociedade viável. Em geral busca-se “consertar” os problemas de modelos insustentáveis com novas tecnologias ou prioriza-se a reciclagem sobre a reutilização e a redução.

Participantes
Gui Brammer – WiseWaste. Empreendedor multifacetado, trouxe para o Brasil em 2010 o Terracycle, que cria produtos verdes a partir de vários tipos de materiais de difícil reciclabilidade que não possuem destinação adequada. Hoje está no Greenbusiness Brasil e é o organizador do 5º Eco Business, congresso Internacional de Soluções Ecoeficientes. Também é diretor do portal Descolaí, 1º site lançado no país de consumo colaborativo e da Wisewaste empresa que visa auxiliar a indústria a atender às demandas geradas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Prof. Otavio de Mattos Silvares – Reitor do Instituto Mauá de Tecnologia. Professor associado da USP, professor pleno no IMT e Mestre Doutor em Engenharia Mecânica. Foi Diretor Técnico do Instituto de Pesquisas Tecnológicas/ SP, pesquisador atuante nas áreas de modelagem e simulação de sistemas térmicos, refrigeração e ar condicionado, simulação experimental de sistemas térmicos, aerodinâmica e tubos capilares.

Peter Milko – Editora Horizonte Geográfico. Há 25 anos a frente da Revista Horizonte Geográfico, traz uma enorme bagagem de diversos temas da sustentabilidade e ações de engajamento dos leitores.

Local: Auditório Eva Herz
Informação importante
* Atividade gratuita. Sujeita a capacidade de lotação 125 lugares
**Retirar senha em frente ao auditório 1h, antes do início

Quinta-feira, 31 de maio, das 19h30 às 21h30
Debate: E se... Soluções sustentáveis para 9 bilhões de pessoas. Discussão das novas opções de tecnologias tendo como pano de fundo um mundo em crescimento populacional acelerado, com países extremamente populosos buscando a liderança econômica. Questões como a consequência da transformação de toda a frota mundial por carros elétricos e/ou movidos a álcool, o alcance da agricultura orgânica para a população mundial e as opções para otimizar a água doce disponível serão comentadas para trazer ao público um panorama do cenário mundial futuro.

Participantes

Fábio Cidrin – WWF. Coordenador programa Educação para Sociedades Sustentáveis, que se dedica a processos formativos e ao tema Pegada Ecológica. Seu público vai de lideranças comunitárias a escolas, de gestores públicos a proprietários rurais, passando ainda por jovens, instituições e gestores de unidades de conservação.

Miguel Dabdoub - coordenador do Laboratório de Desenvolvimento de Tecnologias Limpas – Ladetel, do Departamento de Química da USP de Ribeirão Preto. É um dos pioneiros na elaboração do biodiesel através do Projeto BiodieselBrasil.

Leda Coltro – Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos). Doutora e Mestre em Físico Química, com especialização na área de polímeros e pesquisadora do Centro de Tecnologia de Embalagem – CETEA, do ITAL. Membro do comitê científico do 1º e 3º Congressos Brasileiro de Gestão do Ciclo de Vida (outubtro/2008, Curitiba – PR e setembro/12, em Maringá - PR), do 7th and 8th International Conference on Life Cycle Assessment in the Agri-Food Sector – LCA Food 2010, (setembro/2010, Bari, Italy e outubro/12, Saint Marlon, França) e revisora de Jornais Científicos como International Journal of Life Cycle Assessment e Brazilian Journal of Food Technology.

Local: Auditório Eva Herz
Informação importante
* Atividade gratuita. Sujeita a capacidade de lotação 125 lugares
**Retirar senha em frente ao auditório 1h, antes do início

Sexta-feira, 01 de junho, das 19h30 às 21h30
Palestra: Escolhas num mundo insustentável. Reflexão sobre dificuldades na escolha de produtos quanto ao seu impacto. O que é melhor: papel reciclado ou papel certificado? Fralda de pano que gasta muita água para lavar ou fralda descartável que não é biodegradável? Lâmpada led que economiza energia, mas polui mais no descarte ou lâmpada normal com consumo maior, mas que não gera lixo tão tóxico?

Palestrante

Monica Borba - Educadora e ambientalista. Fundadora e coordenadora do Instituto 5 Elementos, atuou como professora de Educação Infantil na escola Vera Cruz por 10 anos, desenvolvendo projeto de horta e alfabetização. Em 1998 cursou Teoria e Prática do Meio Ambiente pela CETESB em parceria com o ISER, e em 2000 me especializou-se em Educação Ambiental pela FSP/USP. Em 2004 fez o curso de Ecovilas no IPEC –Instituto de Permacultura do Cerrado. Coordena diversos programas e publicações na área de educação ambiental que em 97 receberam o Prêmio Itaú Unicef, na categoria de material de apoio ao professor. Planeja e ministra cursos de capacitação em educação para sustentabilidade. Coordenou a secretaria executiva da REPEA - Rede Paulista de Educação Ambiental, o Centro de Educação Ambiental do Parque Villa-Lobos e o Centro de Educação Ambiental HSBC - SP em Caucaia do Alto. Também participou do conselho social da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e é vice-presidente do Sub-Comitê Pinheiros Pirapora da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê. Desde 2010 coordena o Programa Energia Social para Sustentabilidade Local.

Local: Auditório Eva Herz
Informação importante
* Atividade gratuita. Sujeita a capacidade de lotação 125 lugares
**Retirar senha em frente ao auditório 1h, antes do início

Sábado, 02 de junho, das 15h às 17h
Desfile debate: Fashionista Sustentável. Debate sobre as tecnologias de reciclagem de produtos como PET e PVC para a confecção de roupas e acessórios e o que significa uma roupa sustentável – não apenas com matérias-primas orgânicas, mas que não impliquem na derrubada de florestas uso de trabalho escravo / infantil ou exploração de trabalhadores rurais, que reduzam o uso de água, entre outros itens.

Durante a apresentação dos participantes, haverá um pequeno desfile, trazendo exemplos de roupas e acessórios que seguem os preceitos da moda sustentável.

Participantes

Jorge Yammine – Presidente da marca de roupas Eden, que cria coleções com tecidos orgânicos totalmente livre de corantes químicos e trabalham com tecelões e costureiras especialmente treinados para tal.

Renata Koga - Instituto E. Atualmente, cursando MBA em Gestão em Sustentabilidade na FGV, atua como Gerente do Instituto-E, OSCIP que tem como missão promover o desenvolvimento humano sustentável. Dentre seus projetos, desenvolve o e-fabrics, que mapeia as matérias primas e produtos sustentáveis utilizáveis pela indústria da moda e pretende ser um diferencial no mercado.

Lia Spínola - Ecotece. Estilista e Diretora do Instituto Ecotece, uma organização que tem como missão gerar soluções criativas na moda que promovam o Vestir Consciente através de práticas educativas e do desenvolvimento de produtos sustentáveis. Atuam em 3 frentes, de ação: Comunicação, Desenvolvimento de produtos com ativos socioambientais e Fomento de projetos sociais de educação ambiental na moda via geração de renda.

Local: Auditório Eva Herz
Informações Importantes
* Atividade gratuita. Sujeita a capacidade de lotação 125 lugares
**Retirar senha em frente ao auditório, 1h antes do início

Sábado, 02 de junho, das 11h às 13h
Oficina: Construção de instrumentos musicais (reaproveitamento de materiais).

Participantes

Paulo Kayma – ReCiclo dos Ritmos. Percussionista brasileiro, Kayma traz a sua técnica aliada a mais de 20 anos de experiência na percussão mundial. Formado no Conservatório Souza Lima, São Paulo, aprimorou o seu conhecimento e técnica com grandes mestres da música brasileira e do mundo: musicoterapia com Naná Vasconcelos; Música Popular Brasileira com o professor Miltinho (ULM); Música Afro com o Olodum; Percussão Corporal com Barbatuques; Percussão Clássica com Pedro Carneiro, entre muito outros. Criador do projeto Sons e Sucatas e ReCiclo dos Ritmos – construção de instrumentos musicais a partir de desperdícios – desenvolveu vários trabalhos artísticos com crianças das favelas de São Paulo e em bairros sociais do Porto e Lisboa. Desenvolve também vários trabalhos para teatro e dança. Foi também responsável por um dos maiores eventos de percussão em Portugal: a Roda dos Ritmos, na cidade do Porto.

Joana Marques – ReCiclo dos Ritmos. Socióloga (Universidade do Porto - 2004) e mestre em Economia Solidária. Tem desenvolvido trabalhos de investigação sobre crianças de rua, políticas de cooperação para o desenvolvimento, desenvolvimento comunitário, turismo solidário. Desde Outubro de 2004 integra o projeto Roda dos Ritmos, iniciativa da Fundação para o Desenvolvimento Social do Porto, onde desenvolve atividades com crianças, idosos e populações desfavorecidas. Frequenta desde 2004 o curso de formação em percussão KaymaDrums. Criadora do projeto ReCiclo dos Ritmos. Orienta workshops na área de construção de instrumentos musicais através de reciclagem. É formadora da Ação de Formação “Sons e Sucatas” para o Dia da Percussão em Viana do Castelo. Integra um grupo de percussão feminino, com várias apresentações na FNAC.

*A oficina irá englobar uma brincadeira com percussão de corpo no final.

Domingo, 03 de junho, das 14h30 às 16h
Atividade Lúdica do Instituto Baraeté: Jogão do Planeta

Baseado na temática da Sustentabilidade, equipes jogam como se fossem famílias, fazendo escolhas de consumo em várias áreas, a partir de cartas que apresentam possibilidades e os respectivos pontos para a “felicidade” e o “dinheiro” de cada família. A grande diversão é que, como na vida real, não se sabe com precisão a pontuação negativa que cada escolha gera no meio ambiente. As equipes vão tentando equilibrar as três questões e lidar com as cartas de revés da melhor forma possível.

Local: Auditório Eva Herz
Informação importante
* Atividade gratuita. Sujeita a capacidade de lotação 125 lugares
**Retirar senha em frente ao auditório, 1h antes do início

Quarta-feira, 30 de maio, das 10h às 22h, a Domingo, 03 de junho, das 14h às 20h
Ação Interativa: Feirinha da Sustentabilidade. Troca de experiências não sustentáveis por experiências positivas para a sustentabilidade.

Para dar formato a esta ação, retalhos de tecidos representarão as más experiências, onde os participantes escreverão suas ideias sobre o que consideram insustentável e as trocarão por experiências positivas representadas por uma fruta orgânica. Os retalhos serão pregados em um grande painel que, conforme receber a participação do público irá formar uma bela obra de arte.

Fonte:Carla Stellato