Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ ESPM lança graduação em Jornal...

ESPM lança graduação em Jornalismo no Rio de Janeiro

Publicada em : 24/10/2011

A ESPM Rio de Janeiro oferece 50 vagas para o primeiro semestre de 2012 e mais 50 para o segundo

A ESPM lança, em 2012, o curso superior de jornalismo também na unidade Rio de Janeiro. A instituição, reconhecida pelo mercado como referência na formação de profissionais em comunicação, design, marketing, gestão e negócios nacionais e internacionais, é pioneira mais uma vez com uma proposta inovadora e altamente demandada pelo mercado. O processo seletivo tem início em outubro e segue até o dia 16 de novembro, quarta-feira.

A concepção e a estruturação do curso foram pautadas em duas grandes linhas: a análise das melhores práticas dos mais consagrados cursos de jornalismo do país e um estudo feito com as principais lideranças e empresas nacionais empregadoras do setor. Este levantamento constatou a necessidade de uma formação mais completa com o intuito de atender a atual dinâmica do mercado, que exige versatilidade do jornalista para atuar nas diferentes mídias e empresas.

A missão da ESPM com a nova graduação é formar profissionais qualificados para exercer o jornalismo nas redações de qualquer veículo de comunicação (mídias impressas, eletrônicas e digitais), além de prepará-los para atuarem na área de comunicação corporativa ou nas assessorias de imprensa – atividade reconhecida cada vez mais como estratégica.

Para ampliar a visão dos estudantes em relação ao ambiente de negócios, o curso contará com disciplinas como macroeconomia, geoeconomia internacional, finanças de mercado, estatística, gerenciamento de marcas e marketing, o que possibilita o conhecimento sobre as melhores práticas de gestão. Módulos com conteúdo sobre comunicação e sustentabilidade, gestão de crise e de reputação e mídia trainning também fazem parte do programa.

“Atualmente para o profissional apresentar as habilidades técnicas do jornalismo e de negócios, ele precisa de um curso de graduação e pós-graduação o que levaria cerca de seis anos. O novo curso permitirá desenvolver um jornalista, com esta mesma formação, em quatro anos”, explica o professor Carlos Alberto Messeder, coordenador nacional do curso de jornalismo.

O crescimento das plataformas digitais contribuiu para a elaboração de uma graduação diferenciada. Para atender esta realidade, a ESPM vem realizando fortes investimentos em tecnologia. Hoje, a escola conta com laboratórios de informática, estúdio de fotografia, estúdio de som e um laboratório de jornalismo com toda a infraestrutura necessária para a prática das atividades envolvidas no jornalismo nos dias atuais.

Para mais informações acesse www.espm.br/vestibular

Diploma para jornalista
A não obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão foi vista como uma oportunidade pela escola. Segundo o professor Alexandre Gracioso, vice presidente acadêmico, essa já é a realidade no cenário publicitário e no design, mercados onde a ESPM tem grande experiência, e também será a do jornalismo. “Em nossa visão, sobreviverão apenas os cursos com excelência. Com diploma ou não vale o bom profissional”, comenta.

Fonte:Tamer Comunicação Empresarial