Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Novo polo para formação de art...

Novo polo para formação de arte-educadores

Publicada em : 23/09/2011

O polo ficará aberto a arte-educadores interessados e professores, tanto de escolas públicas quanto privadas

O Centro Paula Souza, órgão do Governo paulista responsável pelo ensino profissional no Estado, e o Instituto Arte na Escola (IAE) inauguraram o segundo Polo Arte na Escola da cidade de São Paulo, sediado na Escola Técnica Estadual (Etec) de Artes, localizada no mesmo terreno já ocupado pela Casa de Detenção do Carandiru. O objetivo do polo é promover a educação continuada de professores de arte por meio de ações como grupos de estudos, cursos, seminários, visitas mediadas, além de acesso às coleções e materiais educativos do IAE, como a DVDteca com mais de 160 títulos.

“Sabemos da importância da arte enquanto objeto do conhecimento, já que desenvolve nos alunos habilidades perceptivas, capacidade reflexiva e incentiva a formação de uma consciência crítica”, afirma Evelyn Iochpe, presidente da Fundação Iochpe.

Sobre o Centro Paula Souza
Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o Centro Paula Souza administra 51 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e 202 Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma Etec –, em mais de 270 cidades paulistas. As Etecs atendem mais de 200 mil estudantes, no Ensino Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços. Nas Fatecs, cerca de 50 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação tecnológica.

Sobre o Instituto Arte na Escola
O Instituto Arte na Escola é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2000, e que tem como missão incentivar e qualificar o ensino de arte por meio de ações de Educação Continuada. Os programas do IAE são realizados tanto em sua própria sede, em São Paulo, quanto por meio de universidades conveniadas que constituem a Rede Arte na Escola, e estão espalhadas em todo o país. O estabelecimento dessas parcerias para as ações de educação continuada é fundamental para o desenvolvimento do programa, pois contribui para um melhor aproveitamento de recursos e maior abrangência do mesmo. São parceiros potenciais do IAE as Secretarias de Educação Estadual, as Secretarias de Educação Municipal, órgãos públicos voltados para a educação e cultura, instituições culturais da comunidade (museus, casas de cultura, fundações, organizações da sociedade civil, etc.), programas similares da comunidade local, escolas (isoladamente ou associadas, públicas ou privadas), profissionais da área de arte-educação e todos os outros Pólos da Rede Arte na Escola.

Fonte:FSB Comunicações