Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ 4ª edição do Programa Pelo Dir...

4ª edição do Programa Pelo Direito De Ser Criança

Publicada em : 09/09/2011

Programa premia escolas de todo o Brasil - públicas e privadas - que incentivam o brincar e o aprender pela experiência nas práticas escolares

Já estão abertas as inscrições para a 4º edição do Programa Pelo Direito de Ser Criança, um projeto da marca Omo que premia escolas públicas e privadas de Educação Infantil e Ensino Fundamental de nível I que incentivam o brincar e o aprender pela experiência nas práticas escolares. As inscrições podem ser feitas pelo site do Programa www.pelodireitodesercrianca.com.br até o dia 28 de outubro.

Avaliação e premiação
A avaliação das escolas será feita por meio de uma comissão formada por profissionais de educação, psicopedagogia e especialidades referentes ao tema do brincar e do aprender pela experiência. Para a seleção, foram convidados nomes de todas as regiões do país, para uma leitura abrangente do tema em suas diferentes realidades. Serão ao todo 24 especialistas, entre os quais podemos destacar: Giovana Barbosa de Souza (Rede Aliança pela Infância); Jouberth Ghandy (pesquisador do Brincar); Lourdes Atiê (especialista em projetos para gestão e criação de produtos educativos); Marcos Ferreira Santos (pesquisador e membro da Aliança pela Infância); Maria Izabel Leite (coordenadora do Museu da Infância); Marilena Flores (presidente da IPA/Brasil); Renata Meireles (autora de livros premiados sobre desenvolvimento infantil, co-diretora de curtas sobre o brincar e idealizadora do Projeto BIRA); Samantha Neves (assessora técnica para elaboração dos Indicadores de qualidade da educação infantil) e Márcia Gobbi (líder do grupo de estudos e pesquisas: Sociologia da Imagem, artes e infâncias).

Os critérios de avaliação serão pautados pelos pilares 1)Direito de aprender através de brinquedos não estruturados; 2)Direito de viver o mundo através da experiência; 3)Direito de estar em contato com a natureza; 4)Direito de experimentar o cuidado com o planeta e com a sociedade e 5)Direito de vivenciar a cultura local’, sendo consideradas melhores práticas as escolas que promovem atividades permanentes e continuadas do brincar e do aprender pela experiência, criam soluções criativas e eficazes para transpor obstáculos, incentivam o contato da criança com a natureza dentro das práticas escolares, valorizam a cultura local de seus alunos e da região onde a escola está inserida, e têm o brincar e o aprender pela experiência como tema de formação continuada de seus educadores.

No total, serão oferecidos até 36 prêmios, 18 por categoria, todos com vistas a ampliar o repertório prático e estimular a criatividade dos educadores com atividades que podem ser adaptadas na escola. Além do selo de reconhecimento, as três primeiras escolas de cada categoria com as melhores práticas serão contempladas com oficinas de capacitação, workshop com os especialistas da comissão avaliativa do Programa, um baú repleto de itens não estruturados e visitas técnicas a instituições reconhecidas pela excelência ao tema. Já as demais escolas premiadas de cada categoria, receberão o selo de reconhecimento e também workshops com os especialistas da comissão avaliativa do Programa e o baú com itens não estruturados. O anúncio das escolas premiadas será realizado durante um evento de premiação na cidade de São Paulo, em 2012.

Como participar
O Programa Pelo Direito de Ser Criança é destinado aos profissionais de educação das escolas da rede pública e privada de todo o Brasil, que atuam com crianças de escolas de Educação Infantil e/ou do Ensino Fundamental I. Para participar, as escolas podem se inscrever no site www.pelodireitodesercrianca.com.br de 11 de agosto a 28 de outubro O edital e o regulamento da premiação estão disponíveis no endereço eletrônico. Não há cobrança de taxa de inscrição.

Fonte:In Press Porter Novelli