Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Manual de Autodefesa Intelectu...

Manual de Autodefesa Intelectual

Publicada em : 24/03/2015

O Sesc Belenzinho apresenta nova montagem

Divulgação
O trabalho - que estreia no dia 9 de abril, quinta-feira, às 21h30 - aborda, por meio de 30 cenas, um conjunto de temas relacionado às mistificações e crendices contemporâneas. Da peça também fazem parte reflexões filosóficas, principalmente a partir da obra de René Descartes (1596-1650), e números de mágica.

O trabalho cênico utiliza recursos do teatro documentário (além de música, dança e audiovisual), prosseguindo as pesquisas recentes do grupo com a linguagem narrativa, como em Teatro/mercadoria e Morro Como Um País. Por este último trabalho a atriz Fernanda Azevedo recebeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz, em 2014.

Manual de Autodefesa Intelectual investiga temas tão diversos quanto a numerologia, o horóscopo, o pensamento circular, a mídia empresarial, o surgimento da publicidade moderna, as religiões e as teorias da conspiração (“Elvis não morreu”, “o homem não foi à Lua” etc.).

Em cena está um elenco de três atrizes (Fernanda Azevedo, Maíra Chasseraux, Maria Carolina Dressler), um ator (Vicente Latorre) e dois músicos (Eduardo Contrera e Elaine Giacomelli). Heloísa Passos, conhecida pela sua atuação no cinema, assina a iluminação. Julio Dojcsar é responsável pela cenografia. Roteiro e direção são de Fernando Kinas e a produção é da Kiwi.

Segundo o diretor Fernando Kinas, as superstições e o analfabetismo científico fazem com que muitas pessoas não apenas acreditem, mas organizem suas vidas a partir de explicações místicas e ficções. “A confusão frequente entre opinião e conhecimento (doxa e episteme); os erros oriundos do pensamento circular e das relações inexistentes de causa e efeito; a presença ostensiva da fé no cotidiano; a tendência a aceitar premissas falsas como verdadeiras; a ausência da verificação das fontes; a aceitação passiva de argumentos de autoridade, entre outros procedimentos baseados na intuição, no senso comum, na mídia hegemônica e nas experiências imediatas e pessoais criam um ambiente propício ao engano e ao erro”, explica.

A produção deste espetáculo foi viabilizada pela Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo 2014/2015.

Mentiras, fraudes, pensamentos descuidados, imposturas e desejos mascarados como fatos não se restringem à magia de salão, nem a conselhos ambíguos sobre assuntos do coração. Infelizmente, eles estão infiltrados nas questões econômicas, religiosas, sociais e políticas dos sistemas de valores dominantes em todas as nações. (Carl Sagan)

Curso e debate

No dia 19 de abril (domingo), logo após a apresentação de Manual de Autodefesa Intelectual, haverá debate com participação do cientista social José Correa Leite sobre o tema Obscurantismo, pensamento crítico e estética.

Um curso de Teatro Documentário, ministrado pelo diretor Fernando Kinas (doutor em teatro pela Sorbonne Nouvelle e USP), será oferecido nos dia 5 e 6 de maio, terça e quarta-feira, das 14h às 18 horas. Inscrições (grátis) devem ser feitas até o dia 28/04 pelo e-mail teatrodocumentario@belenzinho.sescsp.org.br

Realização: Sesc

Serviço

Estreia: 9 de abril, quinta-feira, às 21h30
Temporada: 9 de abril a 10 maio de 2015
Horários: quinta a sábado, às 21h30 e domingo, às 18h30
Local: Sala de Espetáculos I (100 lugares, acesso para pessoas com deficiência)
Duração: 1h50. Gênero: drama. Classificação etária: 14 anos

Ingressos: R$ 25,00 (inteira); R$ 12,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante); R$ 7,50 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes - Credencial Plena).

Ingressos à venda pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br), a partir de 31/03/2015, às 15h30, e nas unidades, a partir de 01/04/2015, às 17h30.

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo/SP
Telefone: (11) 2076-9700
http://www.sescsp.org.br/belenzinho


Fonte:Verbena Comunicação