Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Miúcha

Miúcha

Publicada em : 11/12/2014

Show contempla a obra e o universo de Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Chico Buarque

Divulgação
A Caixa Cultural São Paulo apresenta a cantora Miúcha entre os dias 14 e 18 de janeiro, de quarta-feira a domingo, às 19h15. O show, patrocinado pela Caixa Econômica Federal, tem entrada franca.

No palco, Miúcha revive com sofisticação e bom humor o clima e as histórias dos Anos Dourados do Rio de Janeiro por meio de composições de Antônio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes e Chico Buarque de Holanda.

Acompanhada pelos músicos Itamar Assiere, no piano; João Lyra, no violão; Jorge Helder, no baixo e Ricardo Costa, na bateria, a cantora desfila um repertório regado a histórias de amor e de boemias, traduzido em versos íntimos e arranjos primorosos. As melodias transportam o público para os anos 60 e 70, época em que a música brasileira ganhou bossa e delicadeza.

Intimista, Miúcha aproxima o público desses poetas, que retratam a alma do país em forma de música. Cada canção revela cumplicidade e descontração, marcas de seu convívio com esses compositores. O repertório reúne músicas representativas dos encontros que ocorriam em casas de amigos e também nos botequins, palcos e praças.

Segundo Miúcha, com Tom Jobim ela dividiu vozes e boemia, acordes e trocadilhos, afeto e admiração. Para celebrar esse encontro, ela canta pérolas como “Águas de Março”, “Eu Te Amo” e “Anos Dourados”. E as canções vão sendo costuradas por revelações e lembranças, histórias vividas com o músico.

De Vinícius de Moraes, grande amigo de seu pai Sérgio Buarque de Holanda e presença assídua nas noites musicais que aconteciam na casa da família, ela resgata os versos de “Gente Humilde”, “Sei Lá”, “Pela Luz dos Olhos Teus”, além de parcerias dele com Tom Jobim e Baden Powell, entre outros. A cantora conta que aprendeu com Vinícius alguns acordes no violão e muitas músicas de compositores que o poetinha admirava.

Sambas e canções do irmão Chico Buarque de Holanda completam o roteiro afetuoso do espetáculo. Composições como “Todo Sentimento”, “João e Maria” e “Maninha” (esta feita especialmente para o primeiro disco que Miúcha gravou com Tom Jobim) poetizam o show e selam um pacto entre eles, pela música e pelo companheirismo.

Esse trabalho não se restringe a um show no qual a cantora interpreta ícones da música brasileira. Retrata com simplicidade uma época brilhante da nossa música pela voz de uma de suas mais importantes intérpretes. Miúcha viveu e cantou esse momento.

Serviço:
Espetáculo “Miúcha” - Músicos: Miúcha (voz), Itamar Assiere (piano), João Lyra (violão), Jorge Helder (baixo) e Ricardo Costa (bateria).
Data: 14 a 18 de janeiro de 2015
Horário: quarta-feira a domingo, às 19h15              
Local: CAIXA Cultural São Paulo
Endereço: Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo (SP)
Entrada: franca (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria a partir do meio-dia)
Capacidade: 80 lugares 
Duração: 60 min
Classificação etária: livre
Informações: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Fonte:Verbena Comunicação