Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ As Damas de Paus

As Damas de Paus

Publicada em : 23/10/2014

Com banda ao vivo, o espetáculo possui canções originais de Mara Carvalho e Thiago Gimenes



Comédia musical de Mara Carvalho coloca em cena quatro mulheres (vividas por Liane Maya, Mara Carvalho, Andrezza Massei e Carol Costa) que tentam manter vivas as tradições de uma família. Entre as tradições, está o jogo de baralho semanal.

Transitando entre o suspense e o humor, entre uma cartada e outra, estas quatro mulheres debatem o universo feminino diante do masculino, derrubam crenças milenares, revelam segredos e tecem uma estrutura ‘nonsense’ recheada de surpresas e final surpreendente.

Com banda ao vivo, o espetáculo possui canções originais de Mara Carvalho e Thiago Gimenes, que também assina a direção musical e arranjos; coreografias de Keila Fuke; e direção geral de Kleber Di Lázzari.

O Olhar do Diretor

Há um lugar em que a investigação teatral se faz totalmente necessária. Um lugar que transita, sem preconceitos ou medos, pela multiplicidade humana. Que revela o nosso sublime e nossos pontos frágeis; nossa poesia e escatologias; o masculino e o feminino; o riso e as lágrimas; isso tudo – um pouco dessa imensidão que nos forma.

O texto de Mara Carvalho nos dá este presente. Uma comédia musical ‘nonsense’ que revela e permite. Revela o humano, e permite ao elenco transitar pelas muitas possibilidades de linguagens e tons interpretativos, como são as possibilidades do ‘existir’.

Ela bebe em fontes do Teatro do Absurdo, como Beckett e Ionesco, sem deixar de ser completamente singular. Está entre o cômico e o suspense. Constrói mulheres plenas. Um universo profundo, hilário e sensível. Capacidade bastante particular da generosa Mara.
Estas mulheres transitam entre a força e as tradições presentes nas trágicas gregas, o humor cáustico e popular de Dercy Gonçalves, e a graça encantadora de uma Eva Todor.

O ‘nonsense’ que permeia toda a construção de ‘As Damas de Paus’ permite à encenação se utilizar de linguagens estéticas distintas. A construção cênica bebe na fonte do expressionismo alemão, do lúdico que cura de Arthur Bispo do Rosário, mas se abre a recortes poéticos típicos do teatro épico.

É um jogo; de cartas, de cena, de compreensão. As regras são claras, mas os curingas podem mudar o rumo deste jogo a qualquer momento. E é aí que a cena brinca consigo mesma, e no melhor estilo Monty Python.

Um prazer. É isto o que sinto ao conduzir um projeto como este. Obrigado a todos pelo presente. Agora, desfrutemos da história dessas quatro mulheres, das suas sombras, dos seus homens - esses fantasmas que nos assombram e desafiam. Posso afirmar que ‘As Damas de Paus’ é um jogo de ‘damas’ e ‘cavalheiros’ de muito respeito!

As Damas de Paus
TEATRO FERNANDO TORRES (685 lugares)
Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé. (Próximo ao metrô Tatuapé)

Bilheteria: 2227-1025. De 3ª a 5ª feira das 14h às 20h; de 6ª a dom., a partir das 14h. Aceita Cartão de Débito e de Crédito. Acessibilidade para PNE.  Estacionamento no local (R$ 20,00 – preço único), Ar condicionado e cafeteria.
Vendas: 4003.1212 - www.ingressorapido.com.br

Sextas às 21h30 | Sábados às 21h | Domingo às 19h

Ingressos:

Sextas e Domingo R$ 50
Sábados R$ 60

Duração: 90 minutos
Recomendação: 14 anos
Gênero: comédia musical

Estreia dia 12 de setembro

Temporada: até 23 de novembro

Ficha Técnica:

Texto: Mara Carvalho
Direção: Kleber Di Lázzari
Com: Mara Carvalho, Liane Maya, Andrezza Massei e Carol Costa
Elenco: Arthur Berges, Guilherme Delazzari, Murilo Armacollo e Pier Marchi
Assistente de Direção: Carlos Martin
Diretor Musical: Thiago Gimenes
Assistente de Direção Musical: Marcelo Pizzotti
Músicos: Thiago Gimenes, Marcelo Pizzotti e outros.
Coreografia: Keila Fuke
Visagista: Anderson Bueno
Equipe de Cabelo e Maquiagem: Gil Oliveira e Thyago Mandú
Cabeleireiro: Paulo Sehettini
Designer de som: Tocko Michelazzo
Designer de Luz: Márcio Aurélio
Assistente de iluminação: Silviane Ticher
Figurino: Carol Lobato
Cenário: Paula Izzo e Ainá Calia - Studiomondo
Fotografia: Caio Gallucci
Redes Sociais: Jady Forte
Coordenação Artística: Carlos Martin e Mara Carvalho
Assessoria de Imprensa e Comunicação: Morente Forte
Coordenadora Administrativa: Sônia Odila
Produtor Executivo: Marquinhos Santos
Assistente de produção: Eder Bastos e Gustavo Souza
Diretor de Produção: Carlos Martin
Programação Visual: TechnoArt Design Gráfico e Comunicação e Ale Pessoa.
Produção e Realização: JIM Carvalho Produções Artísticas

Fonte:Teatro Fernando Torres