Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ O Apagão, A Comédia

O Apagão, A Comédia

Publicada em : 20/11/2012

Texto inédito do dramaturgo inglês Peter Shaffer, autor do premiado espetáculo Equus estreia na Vila Formosa


Em O Apagão, A Comédia o pobre artista Brindsley Miller e sua noiva Carol Melkett estão fazendo uma pequena festa com o objetivo de impressionar o terrível pai de Carol, coronel Melkett e o milionário George Bamberger, que pode comprar algumas das esculturas de Brinsley. Para isso, eles tomam emprestados, sem permissão, os móveis e algumas peças de arte de seu vizinho e amigo, o afetado e exigente Harold Gorringe, para tornar o apartamento mais apresentável.

Antes dos convidados chegarem, o fusível principal da casa queima, mergulhando o apartamento na escuridão. Isso traz sua vizinha idosa e solteirona, senhorita Furnival, à sua porta. Harold inesperadamente retorna de sua viagem. E o verdadeiro amor de Brindsley, a bombástica Cléa, decide aparecer. Brindsley precisa devolver os móveis de Harold antes de a luz voltar. O resultado é caótico, desastroso e muito engraçado. Escrito em 1965, texto é uma farsa romântica, que ganha a primeira montagem no Brasil.

“Quando li o texto pela primeira vez, achei a carpintaria dramática perfeita, mas, tinha o desafio da encenação em trazer o lado cômico da peça. A primeira coisa que fiz com os atores foi desenvolver oficinas em cima dos elementos da comédia, já que o texto em si não é engraçado, mas sim as situações geradas pela trama. Só tendo uma noção clara dos elementos cômicos que os atores poderiam se ‘armar’ como personagens para trazer o riso do público diante da tragédia”, afirma o diretor Zadoque Lopes.

A cenografia e figurinos, de F.E.Kokocht, são inspirados nos anos 60, com um lado bem contemporâneo. A luz, de Thatiana Moraes, é baseada no estudo da representação da noite no cinema. A sonoplastia, de Ronald Mello, é inspirada na rapidez dos movimentos das orquestras e nas músicas dos desenhos animados, mas, com um toque latino de violão. A produção do espetáculo é da ZLB Produções e do Grupo Caleidoscópio.

Ficha Técnica
Texto: Peter Shaffer. Direção: Zadoque Lopes. Elenco: João Bresser, Tainã Rodrigues, Berg Bergman, Djalma Lima, Soreh Meyer, Maria José, Reginaldo Faidi e Teo Fabi. Duração: 80 minutos. 

Serviço
Teatro Zanoni Ferrite – Av. Renata, 163 – Vila Formosa, tel: 2216-1520. Capacidade 204 lugares. Bilheteria funciona terça a domingo, das 14h às 19h30
O Apagão, A Comédia – Estreia dia 23 de novembro de 2012, sexta-feira às 20h.domingo, das 14h às 19h30.
Acesso para deficientes. Ar condicionado. Aceita cartões. Vendas pelo sistema ingresso rápido pelo telefone 4003-2050 ou site: (www.ingressorapido.com.br).
Recomendação: livre. Ingressos: R$10,00 (Estudantes, maiores de 60 anos e classe teatral têm 50% de desconto). Sextas e sábados, às 20h. Domingos, às 19h. Até 16 de dezembro.

Fonte:Amália Pereira