Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Festival de Cinema Independent...

Festival de Cinema Independente

Publicada em : 21/06/2012

A edição será dedicada em memória ao cineasta Carlos Reichenbach


Nos próximos dias 28, 29 e 30 de junho, o Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) realiza o 7º Cine MuBE Vitrine Independente, festival que revela e premia novos talentos do cinema nacional e também o único em formato semestral no país. Durante o último dia (sábado), acontece a mostra competitiva integrada por curtas e médias-metragens – a exibição dos filmes selecionados é seguida da cerimônia de premiação. A entrada é gratuita.

Nesta edição, o número de inscritos no festival mais que triplicou com relação à anterior, que aconteceu em dezembro de 2011, com cerca de 230 títulos vindos de todas as regiões do Brasil, num alcance geográfico inédito e que incluiu ainda inscrições além-mar, dos EUA, Espanha, Turquia, França e Alemanha. Entre os curtas por fim selecionados, há a primeira participação de representantes de Estados como Roraima, Paraíba, Sergipe, Bahia, Espírito Santo e Paraná. E seguindo o mesmo modelo das duas últimas edições, nos dias 28 e 29 de junho serão exibidos curtas e longas fora de competição selecionados pelo curador e programador Christian Petermann, crítico de cinema.

Como já se tornou de praxe, o festival abre na quinta-feira com a exibição do conjunto de trabalho de um talentoso curta-metragista que ainda não migrou para a direção de longas. Depois de exibir obras de Rodrigo Grota e César Cabral, na 7ª edição destaca-se o trabalho do realizador Daniel Chaia, que, entre outras atividades, foi assistente do mestre Carlos Reichenbach, grande nome da cinematografia nacional que faleceu no último dia 14 de junho e a quem esta 7ª edição é dedicada – ele integrou com toda sua generosidade e inteligência o júri da 4ª edição. A abertura do festival será em homenagem ao cineasta Carlos Reichenbach, com a exibição de seu curta "Esta Rua tão Augusta" (1967) e do curta inédito "Começar uma História", de Cristian Chinen, com o qual Reichenbach colaborou, possivelmente sua última ação prática em cinema.

Chaia estará presente no dia 28 para apresentar os curtas “Pixaim” (1998), com Rosi Campos; “De Resto” (2007), com Denise Weinberg; “Na Pista do Apito” (2008), com Débora Duboc; e “Borboletas Indômitas” (2010), com Antônio Petrin e Emilio di Biasi. A exibição será seguida de uma conversa informal com o público presente sobre sua carreira, o cinema e a relação com Reichenbach, encerrando-se em coquetel.

Já na noite de sexta-feira, o Cine MuBE Vitrine Independente abre espaço para a exibição de dois longas-metragens independentes em caráter hors-concours. Serão exibidos dois documentários: em pré-estreia, “Truks”, de João Inácio (que estará presente), sobre a fascinante trajetória do mais conhecido grupo de teatro de bonecos do país, e em seguida o bem pessoal e independente “Bruta Aventura em Versos”, de Letícia Simões (que também estará presente), sobre vida e obra da poetisa Ana Cristina César. As exibições se encerrarão com um coquetel para confabulações.

No sábado, depois dos programas temáticos com os curtas e médias concorrentes, acontece a cerimônia de premiação, conduzida pelo ator e mestre de cerimônia Fabiano Geuli e que promove ainda a primeira exibição em São Paulo do curta-metragem “Até a Vista”, do cineasta Jorge Furtado, o grande vencedor na categoria da última edição do Cine PE – Festival do Audiovisual, que aconteceu em abril em Recife. A programação completa estará disponível em www.cinemubevitrine.com.

O festival premiará produções em onze categorias: melhor curta e média pela votação do público, e o júri definirá melhor curta, melhor média, melhor diretor/curta, melhor diretor/média, melhor atriz, melhor ator, menção especial para curta e para média (opcionais) e, como novidade desta edição, melhor roteiro. Os prêmios, além do troféu desenhado pelo artista Eduardo Werneck, estão discriminados no site.

Para consagrar esta nova categoria (roteiro), integra a programação do festival um workshop intensivo de roteiro, que será realizado gratuitamente no MuBE, com o roteirista Di Moretti no dia 29, sexta-feira, das 14h às 17h, com 30 vagas. Moretti, aliás, é um dos integrantes do júri desta 7ª edição, completado ainda pela produtora Geórgia Costa Araújo e pelo ator Caco Ciocler.

Ficha Técnica
Realização: Museu Brasileiro da Escultura
Direção e Coordenação Geral: Renata de Azevedo Silva
Curadoria e Programação: Christian Petermann
Diretor de Conteúdo: Felippe Canale
Troféu: Eduardo Werneck
Produção: Amanda Rodolpho, Anna Zêpa, Karen Alcantarilla e Vitor Souza
Colaboração: Cassia dos Anjos e Naninha Borges

7º Cine MuBE Vitrine Independente
MuBE – Museu Brasileiro da Escultura
Dias 28 (a partir das 19h30), 29 (a partir das 19h30) e 30 de junho (a partir das 11h00; cerimônia de premiação: 22h)
Sala de exibição: 230 lugares
Avenida Europa, 218, Jardim Europa – São Paulo/SP
Entrada gratuita
www.cinemubevitrine.com
Acessibilidade para portadores de deficiência física.

Fonte:Flavia Miranda