Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ É Tradição e o Samba Continua....

É Tradição e o Samba Continua... II Edição

Publicada em : 04/05/2012

Projeto faz reverência ao samba paulista


O projeto É Tradição e o Samba Continua... II Edição apresenta um panorama atual do samba feito em São Paulo, reunindo artistas da velha e da nova geração. Logo na primeira semana de maio - dias 4, 5 e 6, de quarta a domingo – os shows acontecem no Auditório do Memorial da América lLtina, com ingressos populares a R$ 6,00.

O grupo Quinteto em Branco e Preto abre a programação (2/5) em espetáculo com participação das cantoras Célia e Virgínia Rosa. O palco do Memorial recebe ainda: Fabiana Cozza convida Adriana Moreira e Tereza Gama (3/5); Comunidades do Samba com Comunidade Maria Cursi, Pagode da 27, Samba da Tenda e Samba dá Cultura (4/5); Mulheres do Samba com Ana Elisa, Elizeth Rosa, Railídia, Graça Braga, e Dona Inah (5/5); Osvaldinho da Cuíca, Chapinha, Toinho Melodia e Velha Guarda da Camisa Verde e Branco com participação de Mestre Sala e Porta Bandeira (6/5).

No dia 20 de maio, domingo, às 19 horas, o projeto aporta no Auditório do Ibirapuera com o show Comunidade Samba da Vela, tendo como convidados Graça Braga, Samba da Laje e Tia Cida (do Berço do Samba de São Matheus), com ingressos a R$ 20,00.

O Festival realiza uma homenagem ao samba paulista, seu nome foi inspirado na música “Tradição (Vai no Bixiga pra Ver)”, de Geraldo Filme (1928-1995), compositor que figura entre os maiores representantes desse gênero, e que será um dos homenageados nas apresentações. A primeira edição foi realizada em 2009, no CCBB-SP, em cinco dias de apresentações e ingressos esgotados.

Em 2012, o repertório dos espetáculos será formado por músicas marcantes das carreiras dos artistas e grupos, além de obras de mestres do samba paulista como Adoniran Barbosa, Toniquinho Batuqueiro, Paulo Vanzolini, Vadico, Osvaldinho da Cuíca, Eduardo Gudin e Geraldo Filme, entre outros.

O projeto - realizado pela Pôr do Som Produções Culturais com patrocínio da Brahma - contou com o apoio do Governo de São Paulo - Secretaria de Estado da Cultura, por meio do ProAC, Programa de Ação Cultural. Foi também selecionado pelo Ministério da Cultura – Funarte para o Prêmio Procultura de Apoio a Festivais e Mostras de Música.

Segundo o idealizador e coordenador Sérgio Mendonça, “o projeto É Tradição e o Samba Continua... tem como objetivo festejar o mais brasileiro dos ritmos e apresentar sambistas de diferentes gerações que tiveram a grande metrópole paulistana como palco principal de suas trajetórias”.

Quem nunca viu o samba amanhecer / Vai no Bixiga pra ver /

Vai no Bixiga pra ver ... / Está firme no pedaço / É tradição e o samba continua.

(trecho de “Tradição”, de Geraldo Filme)

Ficha técnica
Projeto: É Tradição e o Samba Continua... II Edição
Realização: Pôr do Som Produções Culturais
Coordenação Geral: Sérgio Mendonça
Produção executiva: Laura Lopes
Direção artística: Chapinha e Pôr do Som
Comunicação e marketing: Patrick Karassawa
Produção: José Marcos P. Bueno
Assessoria administrativa: Efigênia Neri
Projeto visual e cenário: Letícia Rita
Curadoria: Chapinha e Sérgio Mendonça (Pôr do Som)
Patrocínio: Brahma

Memorial da América Latina (Auditório Simon Bolívar)
Até 6 de maio – quarta a sábado (21 horas) e domingo (20 horas)
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda/SP - Tel: (11) 3823-4600
Ingressos: R$ 6,00 (à venda na bilheteria partir das 14h do dia 2/5)
Duração: 90 min - Censura: Livre - Capacidade: 800 lugares. Acesso universal. Ar condicionado. Estacionamento (Portão 15): R$ 10,00. Entrada/pedestres: Portão 13.

Programação:
4/5 - Comunidades do Samba: Samba dá Cultura, Comunidade Maria Cursi, Samba da Tenda e Pagode da 27
5/5 – Mulheres do Samba: Ana Elisa, Elizeth Rosa, Graça Braga, Railídia e Dona Inah.
6/5 - Toinho Melodia, Chapinha, Osvaldinho da Cuíca e Velha Guarda da Camisa Verde e Branco. Participação de Mestre Sala e Porta Bandeira.

Auditório do Ibirapuera
Dia 20 de maio – domingo – às 19 horas
Show: Comunidade Samba da Vela
Convidados: Graça Braga, Samba da Laje e Tia Cida de São Matheus
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 2, Parque Ibirapuera/SP
Tel: (11) 3629-1075 – Site: www.auditorioibirapuera.com.br begin_of_the_skype_highlighting
Ingressos: R$ 20,00 (meia: R$10,00) – Duração: 90 min – Classificação: Livre
Ingressos à venda na bilheteria do Auditório ou pelo site www.ticketforfun.com.br

Fonte:Verbena Comunicação