Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Ferrovias Paulistas

Ferrovias Paulistas

Publicada em : 15/02/2012

Ao todo, 162 documentos foram digitalizados para esta exposição


O Arquivo Público do Estado de São Paulo acaba de lançar a exposição virtual "Ferrovias Paulistas", que mostra a trajetória do sistema ferroviário em território paulista desde meados do século XIX aos dias atuais. A exposição traz documentos de época e, para os professores e estudantes, propostas de atividades pedagógicas que podem ser utilizadas em sala de aula ou como material de estudo individual. A exposição ficará disponível permanentemente no endereço: www.arquivoestado.sp.gov.br/exposicao_ferrovias.

"As ferrovias fazem parte da história de São Paulo e foram fundamentais no desenvolvimento econômico e na expansão da agricultura no Estado, servindo durante décadas como meio de transporte principal de mercadorias dentro do território paulista", conforme explica a exposição. Dividida em seis ambientes, ela trata do surgimento das ferrovias paulistas, em 1867, a partir de investimentos públicos e de recursos do café, passando pelas "greves ferroviárias" da primeira metade do século XX, e pela formação da FEPASA (Ferrovias Paulistas S.A), na década de 1970, entre outros assuntos.

Ao todo, 162 documentos foram digitalizados para esta exposição, entre ofícios, requerimentos, fotos, mapas e jornais. Destaque para fotos da primeira estação da Cia Paulista, inaugurada em Rio Claro em 1876, além de imagens de trens para o carregamento de café e para o transporte de imigrantes recém-chegados ao país. Diversos mapas ainda mostram a expansão da malha ferroviária paulista.



No seu auge, na década de 1940, o Estado de São Paulo contava com 17 companhias ferroviárias que, somadas, atingiam a marca de 8.622 quilômetros de trilhos. A expansão do plantio do café e da malha ferroviária também contribuiu para o povoamento no interior paulista. “É interessante observar o nascimento de muitas cidades do oeste do Estado ao longo da malha ferroviária”, explica Carlos Bacellar, coordenador do Arquivo Público do Estado de São Paulo e professor do Departamento de História da USP.

"Ferrovias Paulistas" têm como público-alvo professores e estudantes de Ensino Básico e demais interessados no tema, podendo ser aproveitada no ensino de História. A exposição apresenta oito sugestões de atividades pedagógicas, entre caça-palavras, palavras cruzadas e exercícios de análise com documentos sobre o tema. O objetivo é incentivar o uso de documentos históricos em sala de aula.

Fonte:Núcleo de Comunicação do Arquivo Público do Estado de São Paulo