Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Água

Água

Publicada em : 11/10/2011

Três toneladas de água e um grande aquário para seres humanos formam o cenário da peça

A peça mostra o personagem dentro deste recipiente sendo lentamente inundado enquanto fala sobre suas experiências no amor, mulheres perdidas e conquistadas. O nível de água vai subindo até que ele fique totalmente submerso.

Depois de três solos dramáticos (Memória do Mundo (2008), inspirado em Jorge Luis Borges, direção de Élcio Nogueira; O Funâmbulo, (2009) de Genet, direção de Joaquim Goulart; e De Verdade, (2010) de Sándor Márai, direção de Antônio Januzelli), João Paulo Lorenzon estreia um espetáculo com texto próprio baseado em grandes escritores da literatura como Umberto Eco, Péter Esterházy, Sándor Márai, William Blake, Garcia Lorca e Paul Celan.

Antes de escolher o grande aquário para humanos, criação do artista plástico italiano Maurizio Mancioli (também proprietário do Espaço Parahaus), o cenário da peça passou por cinco maquetes diferentes. O Acquabox – como é chamado pelo artista plástico - comporta três toneladas de água. “A água permite possíveis leituras: água e o feminino, água como ampulheta: o tempo, o fim, a purificação”, conta João Paulo.

FICHA TÉCNICA:
De João Paulo Lorenzon. Direção: João Paulo Lorenzon. Co-direção: Karim da Hora. Realização e Direção de Produção: Fernanda Bianco. Preparação do ator: Janô – Antônio Januzelli. Cenografia, iluminação e fotografia: Juliana P. Neumann, Karim da Hora e Maurizio Mancioli. 

PARA ROTEIRO:
ÁGUA – Estreia dia 12 de novembro, sábado, às 19h30 no Espaço Parahaus. Rua Caminha de Amorim, 532 – Alto de Pinheiros. Temporada de 12 de novembro a 4 de dezembro. Sextas às 21h, sábados e domingos às 19h30. Ingressos: R$ 20,00 e meia R$ 10,00. Vendas também pelo site: www.clubtickets.com.br. Lotação: 30 lugares. Duração: 40 minutos.

Fonte:Arteplural