Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Geraldo Azevedo no Sesc Belenz...

Geraldo Azevedo no Sesc Belenzinho

Publicada em : 20/09/2011

Músico acaba de receber uma indicação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Raízes Brasileiras

O cantor e compositor Geraldo Azevedo lança o disco Salve São Francisco no Teatro do SESC Belenzinho, nos dias 1 e 2 de outubro.

O mais recente trabalho do músico pernambucano é um CD e DVD, lançados pela Biscoito Fino, que celebram a beleza e a importância do rio São Francisco, importante cenário de sua infância.

A gravação do álbum contou com a participação de artistas nascidos nas regiões banhadas pelo rio Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas: Dominguinhos, Alceu Valença, Maria Bethânia, Ivete Sangalo, Djavan, Moraes Moreira, Fernanda Takai, Roberto Mendes, Geraldo Amaral, Vavá Cunha e Márcia Porto.

O projeto também traz o making of das gravações, além de imagens de vários lugares por onde o rio passa, mostrando sua beleza e peculiaridades.

No show, Geraldo que acaba de receber uma indicação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Raízes Brasileiras sobe ao palco acompanhado pelos músicos Luiz Antônio (Teclados), Humprhy Scott (baixo), Tiago Azevedo (bateria) e Vitor Motta (sax). O repertório inclui, as canções do novo trabalho como Riacho do Navio (Luiz Gonzaga e Zé Dantas), Santo Rio, Barcarola do São Francisco (ambas parcerias com Carlos Fernando) e Opara (parceria com Clóvis Nunes), com um toque de bossa nova.

Como o tema do projeto enfoca o uso consciente da água, músicas como Onde eu Nasci Passa um Rio, de Caetano Veloso; Eu e o Rio, de Miltinho; e Chega de Mágoa, vem reforçar
ainda mais a ideia do trabalho. Tudo isso sem esquecer de sucessos da carreira como Caravana, Dia Branco, Moça Bonita, Bicho de Sete Cabeças e Táxi Lunar, entre outras canções.

Geraldo Azevedo, que confessa estar realizando um grande sonho com esta homenagem, ressalta a importância da preservação do rio: "A gente já não tem aquelas cheias de meu tempo de garoto, quando a nossa horta ficava coberta de água e a gente saía de barco para reconhecer as nossas árvores pelos galinhos que ficavam fora d'água". No caso do São Francisco, a importância para o Brasil é imensa: "O rio é o grande oásis do sertão brasileiro, por onde ele passa deixa um rastro de verde. Você quando se fasta dele, encontra logo o sertão brabo. Ou seja, o rio representa a vida", avalia.

Geraldo Azevedo
Dias 1 e 2/10/2011
Sábado, às 21h; domingo, às 18h
Teatro (382 lugares acesso para pessoas com deficiência)
Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos à venda na rede IngressoSESC (nas unidades do SESC SP) a partir de 23/9:
R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 8,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes).

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

ESTACIONAMENTO
Para espetáculos com venda de ingressos:
R$ 6,00 (não matriculado);
R$ 3,00 (matriculado no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo / usuário)

Para atividades gratuitas:
R$ 6,00 (1ª hora) + R$ 1,00 (p/hora) - (não matriculado)
R$ 3,00 (1ª hora) + R$1,00 (p/hora) - (matriculado no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/usuário)

Fonte:SESC Belenzinho Assessoria de Imprensa