Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Uma Flauta Mágica

Uma Flauta Mágica

Publicada em : 14/09/2011

O espetáculo será legendado em português

Uma das principais obras de um gênio da música, dirigida por um dos nomes referenciais da cena teatral do mundo. É com essa reunião de talentos que o SESC Pinheiros apresenta, entre os dias 14 e 17 de setembro, a montagem cênico-musical de “Uma Flauta Mágica”, uma livre adaptação da obra de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), com direção do encenador inglês, radicado na França, Peter Brook.

Na montagem, que Peter Brook divide a adaptação com Marie-Hélène Estienne e o músico Franck Krawczyk, os efeitos cênicos e o simbolismo foram suprimidos para dar lugar a um Mozart eternamente jovem, cercado por talentosos jovens cantores, prontos para improvisar, transpor, explorar novas cores e novas formas. E é principalmente sob o ângulo da lembrança poética e da releitura que Peter Brook encara essa “ópera”, cuja aparente economia de meios não tem outro propósito senão o de permitir aos cantores-atores expressar, nas mais ínfimas nuances, todas as vibrações da linguagem mozartiana.



Peter Brook deixa clara essa proposta ao afirmar: “Nos últimos trinta anos, vi muitas encenações de ‘A Flauta Mágica’. E pude constatar que a primeira dificuldade para o encenador e o cenógrafo é o conjunto de imagens que considero demasiado imponente: no caso de Carmen, é um pouco como se a imagem que se projeta e que se espera tivesse um peso excessivo em relação ao restante. A ideia é chegar a que os cantores – jovens cantores – avancem de modo natural, vivo, amável, no desenrolar da intriga sem se impor projeções, construções, vídeos ou cenários giratórios...”.

Até mesmo a pequena mudança no título (o original grava-se “A Flauta Mágica) reforça a versão intimista da obra. Em cena estão apenas sete cantores, dois atores e Franck Krawczyk, ao piano, que exploram a obra de Mozart. “Com Franck Krawczyk tentamos fazer algo “mozartiano”, conforme o entendimento do próprio Mozart.”, analisa Peter Brook. “Mozart sempre dizia que onde há profundidade há também leveza e improvisação, ele não hesitava em reescrever, mudar, transpor suas partituras, em dá-las a qualquer um, em retomá-las”, completa o encenador inglês, em plena atividade aos 86 anos.

Entre outras alterações, a montagem não traz as três damas da Rainha da Noite e os três rapazes que as damas convocam para indicar ao príncipe Tamino o caminho para salvar a fada Pamina. Já o cenário é composto apenas de varas de bambu agrupadas para sugerirem árvores, uma jaula e as paredes do templo de Sarastro. A música é executada no original em alemão, com diálogos em francês. Vale lembrar que o espetáculo será legendado em português.

FICHA TÉCNICA
Uma Flauta Mágica
Espetáculo baseado em Wolfgang Amadeus Mozart
Livremente adaptado por: Peter Brook, Franck Krawczyk e Marie-Hélène Estienne
Direção: Peter Brook
Piano: Franck Krawczyk

Cantores
Tamino Roger Padullés, Adrian Strooper
Pamina Julia Bullock, Aylin Sezer
Rainha da noite Leila Benhamza, Malia Bendi-Merad
Papagena Betsabée Haas, Dima Bawab
Papageno Virgile Frannais, Thomas Dolié
Sarastro Patrick Bolleire, Vincent Pavesi
Monostatos Jean-Christophe Born, Romain Pascal

Atores
William Nadylam
Abdou Ouologuem
Direção de Produção: Marko Rankov
Iluminação: Philippe Vialatte
Trabalho corporal: Marcello Magni
Direção de canto: Véronique Dietschy
Mágica: Célio Amino
Realização dos figurinos: Hélène Patarot, com a colaboração de Oria Puppo

SERVIÇO
SESC PINHEIROS APRESENTA: UMA FLAUTA MÁGICA
Dias: de 14 a 17 de setembro, às 21h
Local: Teatro Paulo Autran – 1010 lugares
Duração: 95 minutos
Não recomendado para menores de 14 anos
Não é permitida a entrada após o início do espetáculo
Ingressos: R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário inscrito no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) R$ 8,00 (comerciários e trabalhadores em empresas do comércio de bens, serviços e turismo)
Ingressos à venda na Rede SESC, limitados a duas unidades por pessoa
SESC Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Horário de funcionamento da Unidade: Terças a sextas, das 13 às 22h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h horas.
Horário de funcionamento da Bilheteria: Terça a sexta das 10h às 21h30. Sábados das 10h às 21h30, domingos e feriados das 10h às 18h30.
Tel.: 11 3095.9400
ESTACIONAMENTO COM MANOBRISTA (VAGAS LIMITADAS): Veículos, motos e bicicletas.
Terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h
(Horários especiais para a programação do teatro).
Taxas: Matriculados no SESC: R$ 6,00 nas três primeiras horas e R$ 1,00 a cada hora adicional;
Não matriculados no SESC: R$ 8,00 nas três primeiras horas e R$ 2,00 a cada hora adicional;
Para atividades no Teatro, preço único: R$ 6,00;
Para informações sobre outras programações www.sescsp.org.br

Fonte:Sylvio Novelli - Assessoria em Comunicação