Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Intervenções Artísticas

Intervenções Artísticas

Publicada em : 14/09/2011

Edital lançado pela Secretaria Municipal de Cultura incentiva a promoção de intervenções no espaço urbano

Lançado em junho deste ano, a mais nova modalidade de copatrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, o edital "Arte na cidade", foi criado com o objetivo de estimular artistas e curadores a promover intervenções criativas no espaço urbano (edificações, parques e praças), ao ar livre. Trata-se de estimular a percepção da cidade pelos seus habitantes, assim como ampliar a noção de espaço público. O investimento é de R$ 1,2 milhão.

O primeiro trabalho a ser inaugurado, às 11h, é "Projeto para uma pintura com temporal", de Thiago Rocha Pitta. O artista vai pintar a empena do Edifício Isnard, localizado na Avenida São João, nº 1.382, com uma tinta especial feita de óxido de ferro. A ideia é que o ferro oxide com as chuvas e crie uma pintura espontânea, que poderá ser acompanhada por 2 anos.

No mesmo dia, às 15h, é a vez de José Spaniol inaugurar o projeto "Descanso na sala" (foto) que ficará em exibição até 2013 no Parque Burle Marx. Em meio à reserva da Mata Atlântica, será erguida uma sala, com mesas e cadeiras, que ficará pendurada a alguns metros do lago localizado no interior do parque.

No final de semana seguinte, as intervenções acontecerão nos muros da cidade. A primeira delas, dia 24, às 11h, será no Parque Dom Pedro II, onde o artista Paulo Penna irá colocar xilogravuras de grande formato em pilares e passarelas da região. No dia 25 de setembro, às 15h, Mauro Sérgio Néri comanda a instalação da obra "Imargem - Cartograffiti", na Praça Eugene Boudin, em Pinheiros, entre a Ponte Eusébio Matoso, a Avenida Rebouças e a Passarela Sustentável. Naquela área, 21 muros serão transformados em espaços de convivência com bancos e lixeiras e decoração em graffiti. A intervenção ficará em exibição até o final de 2012.

Outras três ações ainda estão previstas para os próximos meses: Clara-Clara, proposta de Laura Vinci, é uma reedição da intervenção já realizada em Melbourne, na Austrália, em 2006. Sete redes de nylon com sete luminárias cada, ligadas por 24 horas, substituirão a iluminação da rua Dr. Miguel Couto, próxima da região do Largo do Café, no Centro. No entanto, como a rua daqui é mais larga, a artista acredita que o resultado causará uma impressão diferente.

Eduardo Coimbra realiza a obra "Nuvem", na Praça Charles Miller. A obra já ficou em cartaz no Rio de Janeiro em 2008 na região da Praça XV, no Centro do Rio. Grandes caixas de luz com imagens de nuvens são fixadas no chão da praça, dando à sensação ao público de estar "caminhando no céu".

Em "Canteiro de Operações" José Resende transforma em obra de arte vagões inutilizados no terreno entre a Av. Presidente Wilson e a Rua Borges de Figueiredo. O público poderá visualizar a obra de grande formato a partir de um galpão próximo ao local. 

Fonte:Secretaria Municipal de Cultura | Comunicação