Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Mestre na arte do sumi-ê

Mestre na arte do sumi-ê

Publicada em : 12/09/2011

Público terá a oportunidade de ver trabalhos inéditos do pintor chinês, que possui obras nos acervos dos Museus de Arte Contemporânea e Moderna de São Paulo, além de coleções de arte internacionais

O espaço cultural do hotel Blue Tree Premium Faria Lima inaugura, no dia 13 de setembro, exposição em homenagem aos 60 anos de carreira do artista plástico Chen Kong Fang, com obras inéditas. Radicado no Brasil desde 1952, o pintor chinês é um dos mestres internacionais no domínio da técnica milenar do sumi-ê, modalidade de pintura a tinta que deriva da caligrafia chinesa, com representações pictóricas e ideográficas. A exposição, aberta ao público, gratuita, fica em cartaz até o dia 22 de outubro no hotel.

Os visitantes da mostra terão a oportunidade de conhecer 10 trabalhos inéditos, 20 trabalhos originais e o curta-metragem biográfico “O caminho de Fang”, que homenageia a trajetória do artista. Com influências do figurativismo e do expressionismo chinês, as obras de Fang estão presentes em acervos reconhecidos internacionalmente, como o Museu de Arte Contemporânea e o Museu de Arte Moderna de São Paulo, e diversas coleções de arte.

“O projeto cultural realizado pela Blue Tree tem a proposta de levar a arte para além dos eixos tradicionais. Recebemos visitantes de diferentes países e diversos pontos do Brasil, por isso investimos na criação de espaços culturais dentro dos nossos hotéis, para que mesmo aqueles com pouco tempo para desfrutar da cidade possam agregar uma nova experiência em sua estada, apreciando o trabalho de artistas com reconhecida trajetória nacional e internacional”, afirma Chieko Aoki, presidente da Blue Tree Hotels.

Originada na China, no século II, a técnica de pintura oriental sumi-ê é também conhecida como a “arte do essencial”, por desafiar o artista a passar sua mensagem de modo resumido e sem equívocos, seguindo regras bastante rígidas em sua composição. Os únicos materiais utilizados são pincéis, uma tinta especial semelhante a nanquim e papel artesanal feito à base de arroz.

“Trata-se de uma arte que exige, mesmo após muito treino, grande habilidade e concentração. É por isso que muito poucos atingem o estágio de mestre. A composição do trabalho é mais importante que a representação do tema em si, pois é na composição que o artista revela sua alma, a elegância do traço e principalmente a harmonia que deve existir em seu interior”, afirma Karin Aquino, curadora da exposição.

A vernissage da exposição “Fang” acontece no dia 13 de setembro, a partir das 19 horas, no lobby do hotel Blue Tree Premium Faria Lima. Na oportunidade, o artista conversará com o público e fará sessão de autógrafos do livro “Fang Sumiê”.

SERVIÇO:
Exposição “Fang”
Data: 13 de setembro a 22 de outubro (das 9h às 22 horas)
Coquetel de abertura: 13 de setembro
Horário: A partir das 19 horas
Local: Blue Tree Premium Faria Lima
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3989, Vila Olímpia - São Paulo.
Entrada: gratuita

Fonte:COMMUNICA BRASIL