Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Crônica da Casa Assassinada

Crônica da Casa Assassinada

Publicada em : 09/09/2011

A peça conta a saga de uma aristocrata família mineira

Baseado no romance do escritor mineiro Lúcio Cardoso, adaptado para o teatro por Dib Carneiro Neto, com direção de Gabriel Villela, traz os atores Xuxa Lopes, Sergio Rufino, Flavio Tolezani, Pedro Henrique Moutinho, Rogério Romera, Maria do Carmo Soares, Letícia Teixeira, Cacá Toledo, Helio Souto Jr. e Marco Furlan. A peça faz curta temporada até 16 de outubro, com sessões às sextas, sábados e domingos, a preços populares.

O espetáculo recebeu quatro indicações ao Prêmio SHELL de Teatro: Gabriel Villela (melhor direção e figurino), Marcio Vinicius (melhor cenografia), Domingos Quintiliano (melhor iluminação). A obra, publicada em 1973, acompanha a trajetória de uma aristocrata família mineira. Uma saga que se desenrola nos limites de uma casa de fazenda. A casa desempenha o papel principal e os personagens vivem em função dela.

A montagem reconstrói o clima que envolve os ambientes e os seres. Fixa a angústia de um amor que se crê incestuoso. Em vez de referências diretas, são as cartas, os diários e as confissões das pessoas que conheceram Nina (a protagonista, carioca) que entram como partes estruturais da peça. Esse aspecto torna a narrativa incomum e costura a história dos Meneses, centrada na presença de uma mulher desconhecida.

Para roteiro:
Crônica da Casa Assassinada – Estreia 16 de setembro, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro SESC Vila Mariana. Texto: Dib Carneiro Neto, adaptado do livro de Lucio Cardoso. Direção - Gabriel Villela. Elenco - Xuxa Lopes, Sergio Rufino, Flavio Tolezani, Pedro Henrique Moutinho, Rogério Romera, Maria do Carmo Soares, Letícia Teixeira, Cacá Toledo, Helio Souto Jr., Marco Furlan. Cenários - Marcio Vinicius. Figurinos e Sonoplastia - Gabriel Villela. Iluminação - Domingos Quintiliano. Preparação Corporal - Rosely Fiorelli . Preparação Vocal – Babaya. Assistência de Direção - Cesar Augusto e Ivan Andrade. Costureira - Cleide Mezzacapa. Diretor de Palco - Alex Peixoto. Fotografia - João Caldas. Programação Visual - Ana Paula Grande . Ilustração - Carlinhos Muller. Direção de Produção - Claudio Fontana. Assessoria de Imprensa – Arteplural. Classificação - 16 anos. Duração - 90 minutos. Temporada – sextas e sábados, às 21 horas e domingos às 18 horas. Ingressos – R$24,00 inteira. R$12,00 usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante. R$6,00 trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes. Até 16 de outubro.

SESC Vila Mariana - Rua Pelotas, 141. Telefone - 5080-3000. Horário de funcionamento da bilheteria - Terça a sexta das 9h às 21h30, aos sábados das 10h às 21h30, domingos e feriados das 10h às 18h30. Informações - 0800 118220. Estacionamento - Veículos, motos e bicicletas - Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, domingo, feriado, das 9h às 18h30 – Taxas: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 por hora adicional (matriculados); R$ 6,00 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (não-matriculados). Acesso para pessoas com deficiências. Estacionamento: a partir de R$ 3,00. Site - www.sescsp.org.br

Fonte:Arteplural