Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Peça retrata barreiras de ex-d...

Peça retrata barreiras de ex-detentos

Publicada em : 22/08/2011

O grupo de reeducandos vem ensaiando a peça há três meses, dentro da própria unidade prisional

A peça teatral “O dia em que a casa caiu” é encenada por presos que cumprem pena em regimes semiaberto e fechado na Penitenciária Desembargador Adriano Marrey, em Guarulhos. A iniciativa é da Direção da Penitenciária e da Vara de Execuções Criminais de Guarulhos.

A encenação retrata histórias verídicas vivenciadas pelos atores, que evidenciam o preconceito e as dificuldades do cárcere. “Essa é uma ferramenta de trabalho que promove a reflexão (tomada de consciência) e a ação (busca de alternativas) em torno de uma determinada problemática. Isso possibilita ao protagonista sair da passividade e vislumbrar alternativas para seus conflitos, sendo, portanto, o ensaio para as ações concretas da vida”, destaca o diretor de teatro e coordenador pedagógico da Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (Funap), Jorge Spinola.

Usando um conjunto de jogos e técnicas, o trabalho tem sua origem no Teatro do Oprimido, criado pelo teatrólogo Augusto Boal e inspirado no pensamento do educador Paulo Freire. O principal objetivo é a busca de alternativas para problemas que surgem no cotidiano das pessoas, seja de caráter pessoal, interpessoal, social, político ou econômico. “O arsenal de jogos e técnicas dramáticas podem ser valiosos instrumentos de trabalho para contribuir com os envolvidos em sua prática de formação de grupo, bem como na discussão de temáticas referentes ao mundo do trabalho, inclusão social, cidadania, racismo, violência, direitos humanos, meio ambiente e outros”, descreve o educador da Penitenciária Adriano Marrey, Igor Rocha.

A apresentação tem entrada franca e acontece na próxima quarta-feira (24), a partir das 19h30, no Anfiteatro F da Unidade Guarulhos-Centro – Praça Tereza Cristina, 88 - Centro -Guarulhos.

Fonte:Assessoria de Comunicação – UnG