Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Exposição individual de James ...

Exposição individual de James Kudo

Publicada em : 08/08/2011

Filho de japonês, Kudo reflete em sua obra sobre a influência da imigração em cidades do interior de SP, como Pereira Barreto (local de nascimento)

As obras de James Kudo lidam com memória e esquecimento, matéria e ausência, lugar e deslocamento a partir da representação de paisagens. Nascido em Pereira Barreto (antiga cidade de Novo Oriente, construída por imigrantes japoneses na década de 1920), o artista presenciou a construção da usina hidrelétrica de Três Irmãos, que deixou submersa uma grande parte da cidade.


As lembranças estilhaçadas dessa cidade são o tema das pinturas de James Kudo e aparecem fragmentadas, imitando uma colagem – do mesmo jeito que funciona nossa memória.

São recorrentes alguns símbolos em sua obra: ossos, troncos infestados por líquens, pássaros, tijolos que podem ser rearranjados e construir qualquer coisa, o crânio humano e, claro, a usina – alusões ao ciclo da vida. Há espaço para a representação das fórmicas que revestiam balcões e armários à época de sua infância e das toalhas de mesa. Há algo de kitsch nessas referências e na tentativa de fazer um material passar-se por outro – uma pintura que imita a fórmica que imita a madeira, por exemplo.


Exposição: James Kudo
13 de agosto a 10 de setembro de 2011
Serviço: Zipper Galeria - Rua Estados Unidos, 1494 - Jardim América - São Paulo - F: 4306 4306
www.zippergaleria.com.br

Fonte:Baobá Comunicação, Cultura e Conteúdo