Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ 2º FIC

2º FIC

Publicada em : 21/03/2019

Festival Internacional de Circo reúne artistas brasileiros e estrangeiros

GABRIEL RACHID
Respeitável público, a Cidade do Circo está de volta! Em abril, é realizada a segunda edição do FIC – Festival Internacional de Circo, evento promovido pela Associação dos Amigos do Centro de Memória do Circo com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. Artistas de várias partes do mundo invadem a capital paulista para apresentarem espetáculos com malabarismos, mágicas, contorcionismos, acrobacias e muita palhaçada. Anotem na agenda: o evento se estende entre os dias 03 e 07 de abril na Cidade do Circo, um complexo montado no Centro Esportivo Tietê, que recebe artistas diversos se apresentando em três lonas de circo, estação para acrobacias, trapézio e palco externo.

A programação deste ano tem como inspiração o tema “O Circo falando com a cidade”, e traz aproximadamente 50 espetáculos e mais de 100 atrações para divertirem o público. Há participantes de diversos países e estados brasileiros, entre eles as companhias Duo Looky (Israel), Diminuto Circus (Chile), Laguz Circo (CE) e Cia. dos Palhaços (PR).

A noite de abertura será marcada pelo espetáculo As Destemidas, concebido e realizado somente por artistas mulheres. A apresentação celebra as três homenageadas desta edição do FIC: Andrea Macera (Palhaça Mafalda), Beth Dorgam (Palhaça Elisabeth The Queen) e Lu Lopes (Palhaça Rubra). Elas foram escolhidas por conta de suas histórias na arte da palhaçaria e por representarem as mulheres artistas de circo.

Os destaques da programação serão espetáculos desenvolvidos em residências artísticas, que abordam temas da diversidade cultural. Retomando o sentido universalista do circo, que sempre abrigou as diferentes nacionalidades e toda a variedade social que encontrava, cada espetáculo homenageia uma temática específica. Assim, além da abertura feita por artistas mulheres, dirigidas por Luciana Donegá, os temas abordados trazem sempre circenses que os representem.

Diversos diretores foram convidados para desenvolverem esses espetáculos. Protagonistas O Movimento Negro no Picadeiro, dirigido por Ricardo Rodrigues, mostra que a lona está fincada para receber apenas protagonistas negros. Já Queerbaret O Circo da Diversidade, com direção de Luh Maza, representa, pelos números circenses que traz, toda a diversidade das questões de gênero e orientação sexual. Dirigido por Mark Bromilow, Caravançara – O Lar dos Viajantes reúne as atrações internacionais do FIC para abordar a temática dos refugiados. Obstáculos, com direção de Caco Mattos, coloca em cena artistas, com deficiência ou não, para tratarem de como os obstáculos surgem e são enfrentados na vida. O encontro de gerações, incluindo o choque entre o circo contemporâneo e o tradicional, é celebrado em Tributo à Tradição!, dirigido por Jairo Mattos. Inéditos, esses experimentos trarão para a cena artistas múltiplos, de nacionalidades diversas, mostrando que, no circo, não há fronteiras para o amor.

Muitas atividades são realizadas na Cidade do Circo do lado de fora das lonas. No Espaço Intrépida, números aéreos, de cama elástica e de acrobacias têm apresentações a cada 20 minutos. O Espaço Breno Moroni traz muitas atrações de espetáculos de circo criados para espaços abertos. O Espaço Tapete Mágico é uma Praça do Chapéu e traz espetáculos do movimento de artistas de rua para divertirem o público. Também haverá desfiles de artistas pelas ruas da Cidade do Circo, com apresentações curtas de malabares, pernas de pau, pirofagia e mágicos.

O Festival também contará com uma Mostra Competitiva, na qual 16 artistas/companhias apresentarão suas habilidades em duas eliminatórias seletivas, em que serão escolhidos os participantes da Grande Final. Eles concorrerão a prêmios que totalizam R$ 16.700,00. Jurados especialistas elegerão os melhores, mas o público também poderá escolher seus preferidos pela categoria Voto Popular, com premiação em dinheiro.

O Circo além dos picadeiros
Além da Cidade do Circo, o FIC quebra fronteiras e conquista as ruas de outras regiões de São Paulo, levando aos bairros da periferia espetáculos divertidos. A programação dos palcos volantes pode ser acessada no site www.prefeitura.sp.gov.br/cultura, ou pelas redes sociais https://www.facebook.com/FIC-Festival-Internacional-de-Circo-da-Cidade-de-São-Paulo-741677622622950 e https://instagram.com/ficfestivaldecircosp.

SERVIÇO
O quê: 2º FIC - Festival Internacional de Circo
Onde: Centro Esportivo Tietê – Avenida Santos Dumont, 843 – Estação de Metrô Armênia
Quando: 03 a 07 de abril
Quanto: Grátis / Acesso livre para a Cidade do Circo - Os ingressos são distribuídos 02h antes de cada espetáculo
Para quem: Crianças de 0 a 200 anos são bem-vindas!
Lotação: Lona Abracadabra: 600 pessoas // Lona Irmãos Fratelli: 375 pessoas // Lona Manhas e Manias: 243 pessoas // Espaço Intrépida: 800 pessoas // Espaço Tapete Mágico: 500 pessoas // Espaço Breno Maroni: 600 pessoas

+ A Cidade do Circo tem acessibilidade para cadeirantes e conta com infraestrutura de banheiros, alimentação, segurança e ambulâncias.

+ Venha de transporte público: O Centro Esportivo Tietê fica a apenas 300 metros da Estação de Metrô Armênia e conta com 11 linhas de ônibus que saem de diversos pontos. Busque sua linha no site www.sptrans.com.br
MARCO ARAUCO
RODRIGO MUNOZ

Fonte:IMPRENSA // André Moretti