Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Sesc Avenida Paulista

Sesc Avenida Paulista

Publicada em : 06/03/2019

México invade em programação do FestA!

Divulgação
Divulgação
De 16 a 24 de março, o Sesc Avenida Paulista se conecta com o México dentro da programação do "FestA – Festival do Aprender!", festival que acontece em diversas unidades e que celebra o prazer do aprender. Para esta edição, a Unidade escolheu o país para tema como forma de celebrar a cultura mexicana, a integração entre os povos e a diversidade cultural. São cursos, ateliês, instalações e oficinas gratuitas que acontecem em vários locais do edifício. A praça, localizada no térreo, recebe nos dias 16 e 17, o "Altar de Día de Muertos", releitura de um dos tradicionais símbolos da cultura mexicana, que festeja o ciclo da vida e da morte, acompanhado de vivências para confecção de alguns de seus elementos tradicionais, com flores de papel, bandeirinhas, incensos, dentre outros. Como destaque, os mexicanos Jacobo e María Ángeles, construindo Alebriijes em Madeira; Eduardo Ver e Armando Gomez com o processo de criação em Xilogravura. Além dos cursos práticos de bordado Tenango, os teóricos de Arquitetura Mexicana e o de História das Autonomias Indígenas Mexicanas. Para algumas atividades é necessário realizar inscrição prévia ou retirar ingressos com meia hora de antecedência.

O "Festa!" está em sua terceira edição e neste ano promove 293 oficinas, 80 cursos, 80 vivências e 65 ateliês para família – envolvendo mais de 570 artistas nacionais e estrangeiros –, além de 22 bate-papos, 42 demonstrações artísticas e 7 feiras – de publicações independentes a artesanatos –, distribuídos em dez dias, em todas as unidades do Sesc.

Confira tudo a programação da Unidade para o Festival:
• ATELIÊS P/ FAMÍLIAS

CONSTRUÇÃO DE PIÑATA
Com Coletivo Laranja Azul
As Piñatas são uma tradição ibérica que se enraizou na cultura mexicana, e que se tornaram um símbolo de alegria, com suas cores e brincadeira em dias especiais. Nesta oficina os participantes brincarão e construirão piñatas em grupo, para descobrir que surpresas estão escondidas nelas e compartilhar seu processo de criação.
O Laranja Azul é um coletivo de jovens artistas e educadores com foco em oficinas alternativas de artes visuais, buscando o desenvolvimento artístico, aprendizado de ofícios, aperfeiçoamento de formas de expressões, e potencializando a autonomia crítica e cultural de jovens e adultos, ação capaz de auxiliar na inserção no mercado artístico/cultural.
Quando: de 16 a 23 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h30 às 12h30 (dias 16 e 17) e das 14h30 às 16h30 (dia 23)
Onde: Varanda da Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Grátis - Entrega de ingressos no local com 30 minutos de antecedência

MÁSCARA DE LUCHADOR - LIGA JUNIOR
Com Ateliê Modestamente Revolucionário
Assim como os mais velhos os participantes irão criar seus alteregos Luchadores, as crianças também poderão fazer um desenho e realizar suas máscaras personalizadas usando papel colorido, EVA e outros materiais para enfeitar.
O Ateliê Modestamente Revolucionário é especializado na confecção de adereços e figurinos para cinema, publicidade e teatro.
Quando: de 17 a 24 de março (domingo)
Horário:
das 10h30 às 12h30
das 12h às 13h30
das 14h30 às 16h
das 16h às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: Livre
Inscrição: Grátis - Entrega de ingressos no local com 30 minutos de antecedência

• CURSOS

BORDADO TENANGO

Com Flávia Bomfim
Curso inspirado na técnica tradicional de bordado tenango, originária do centro do México. Serão abordados diversos aspectos dessa narrativa gráfica, usos cromáticos e significados simbólicos. O grupo irá confeccionar um trabalho têxtil inspirado nos desenhos tradicionais mexicanos com desenhos e símbolos selecionados pelo grupo.
Flávia Bomfim é ilustradora, artista têxtil, psicóloga e editora. Desenvolve uma investigação sobre bordados tradicionais e contemporâneos no mundo e suas rotas de contaminação. Realiza em Salvador o "Festival de Ilustração e Literatura Expandido" (FILExpendido) e feiras de arte e de publicações independentes, promovendo instâncias de discussão sobre a literatura ilustrada, a produção independente e a comercialização de artes gráficas. Fundou a editora "Movimento Contínuo", que também promove ações e intervenções educativas através da arte.
Quando: de 19 a 22 de março (terça a sexta)
Horário: das 10h30 às 13h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 18 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

GRAVURA EM LINÓLEO: TÉCNICAS DE GRAVURA MEXICANAS
Com Armando Gomez
Curso de introdução à gravura em matriz de linóleo inspirada em diversas tradições e vertentes da gravura mexicana. Todos poderão imprimir suas próprias matrizes e aprender a trabalhar com esta técnica de baixo custo, desenvolvendo seus projetos pessoais a partir do contato com as técnicas mexicanas.
Armando Gomez graduou-se em artes visuais pela Escola Nacional de Artes Plásticas da UNAM em 1997. Faz parte do comitê executivo da Associação Civil COSA (Cooperação, Sociedade e Arte), é membro fundador do workshop de litografia "Claudio Linatti" na ENAP-UNAM, do grupo de arte contemporânea "Xix-im", da escola de arte "Mexican Art Academy" e da oficina de produção e pesquisa gráfica "La Pintadera". Sua experiência docente é de aproximadamente 16 anos em diferentes instituições do México e 13 anos na Faculdade de Letras da Universidade Autônoma do Estado do México (UAEMEX). Já participou de 145 exposições coletivas e 15 exposições individuais no México, Hungria, Alemanha, Turquia, Canadá, Coréia do Sul, Argentina, Espanha, Cuba, Colômbia, Peru, Islândia, EUA e Japão.
Quando: de 19 a 22 de março (terça a sexta)
Horário: das 14h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 18 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

BORDADO PENSAMIENTO
Com Flávia Bomfim
Em Oaxaca, no sul do México, mais precisamente no povoado de San Antonio Castillo Velazco, mulheres preenchem os seus huipiles (mantos tradicionais) com pequenas flores bordadas. Essas flores recebem o nome de "pensamiento", que são as nossas conhecidas "amor perfeito". Neste curso, todos serão convidados a explorarem a técnica do bordado "pensamiento", elaborando suas próprias peças.
Flávia Bomfim é ilustradora, artista têxtil, psicóloga e editora. Desenvolve uma investigação sobre bordados tradicionais e contemporâneos no mundo e suas rotas de contaminação. Realiza em Salvador o "Festival de Ilustração e Literatura Expandido" (FILExpendido) e feiras de arte e de publicações independentes, promovendo instâncias de discussão sobre a literatura ilustrada, a produção independente e a comercialização de artes gráficas. Fundou a editora "Movimento Contínuo", que também promove ações e intervenções educativas através da arte.
Quando: de 19 a 22 de março (terça a sexta)
Horário: das 14h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 18 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

TECELAGEM COM PADRONAGENS MEXICANAS
Com Eglair Quicolli
Curso de introdução à arte têxtil com ênfase nas padronagens mexicanas, resgatando técnicas ancestrais de entrelaçamentos de fios, uso de cor e símbolos. O participante aprenderá noções básicas de tecelagem, criação de formas geométricas, produção de franjas e acabamento.
Eglair Quicolli é designer de joias e objetos.
Quando: de 19 a 22 de março (terça a sexta)
Horário: das 19h às 22h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 18 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

ALEBRIJES: ANIMAIS FANTÁSTICOS DE MADEIRA
Com Jacobo e María Ángeles
Neste curso será ensinada a técnica para esculpir e pintar alebrijes, tradicionais esculturas em madeira do povoado de San Martin Tilcajete, do estado mexicano de Oaxaca. Os alebrijes são mesclas de diversos corpos de animais em apenas uma peça, e são reconhecidos por suas cores fortes e exuberantes.
Jacobo e María Ángeles são artesãos e possuem um ateliê no povoado de San Martin Tilcajete, no estado mexicano de Oaxaca.
Quando: de 19 a 22 de março (terça a sexta)
Horário: das 19h às 22h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 16 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

HISTÓRIA DAS AUTONOMIAS INDÍGENAS MEXICANAS CONTEMPORÂNEAS
Com Fábio Alcamino e Waldo Lao
A autonomia enquanto ação política é cada vez mais impulsionada pelos povos indígenas mexicanos. Visando fortalecer o controle político de seus territórios e o exercício concreto da autodeterminação, projetos políticos emancipatórios vêm se ampliando no país, especialmente após o levante zapatista de 1994 e a criação de municípios autônomos. Partindo de uma perspectiva histórica e socioterritorial, o objetivo do curso é traçar um panorama das experiências autonomistas protagonizadas atualmente pelos indígenas no México.
Waldo Lao possui graduação de Etnología na Escuela Nacional de Antropología e Historia, ENAH. É mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo - PROLAM/USP e doutorando pelo mesmo programa. Seus grandes temas de interesse são os movimentos sociais na América Latina, as autonomías Indígenas e a comunicação alternativa.

Fábio Alkmin é doutorando no programa de pós-graduação em Geografia Humana na Universidade de São Paulo. Possui bacharelado e licenciatura na área de Geografia (USP) e mestrado na área de Geografia Humana (USP), com ênfase em América Latina, movimentos indígenas e autonomias territoriais. É autor do livro "Por uma geografia da autonomia: a experiência territorial zapatista em Chiapas, México" (Ed. Humanitas).
Quando: de 19 a 20 de março (terça a quarta)
Horário: das 19h às 22h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 16 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

OLHARES SOBRE A ARTE E A ARQUITETURA NO MÉXICO DO SÉCULO XX
Com Eustáquio Ornelas Cota Jr. e Fabiana Fernandes Paiva dos Santos
Curso introdutório sobre as diversas frentes artísticas, culturais e políticas do México na primeira metade do século XX. Partindo do contexto das vanguardas artísticas, serão debatidos temas como o do muralismo, a relação entre arte e cidade e o desenvolvimento da linguagem arquitetônica no país.
Eustáquio Ornelas Cota Jr. é doutorando e Mestre em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Bacharel e Licenciado pela mesma universidade. Realiza pesquisas na área de História, atuando nos seguintes temas: Arte e Cultura nas Américas, Identidades, Coleções de arte, Exposições de arte, Arte e Política, Cultura e Poder. Membro do Laboratório de Estudos de História das Américas (LEHA-USP). Foi participante do Projeto Temático FAPESP - Cultura e Política nas Américas: circulação de ideias e configuração de identidades (séculos XIX e XX), já ministrou cursos e palestras na SESC-SP, UAPI-SP e na ECA (USP).
Fabiana Fernandes Paiva dos Santos é mestranda pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2017-2019), na Área de Concentração: História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo. Arquiteta e Urbanista pelo Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2004). Atua sobretudo nos temas da história, teoria e crítica da arquitetura moderna e contemporânea na América Latina. Integra o grupo de pesquisa Cultura, Arquitetura e Cidade na América Latina. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo áreas de projeto de arquitetura e de urbanismo, projeto de restauro e patrimônio construído, habitação social.
Quando: de 21 a 22 de março (quinta e sexta)
Horário: das 19h às 22h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 16 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Grátis - Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

A MENOR BANDA DE MARIACHIS DO MUNDO: DISPOSITIVO ELETRÔNICO MUSICAL
Com JP Salgado e Coletivo Sanga
Criação de pequeno dispositivo eletrônico, baseado na plataforma Arduino Nano, que reproduza sons e riffs musicais típicos das bandas de mariachi, permitindo que o usuário crie pequenas peças musicais ao mesmo tempo em que se envolve em todas as etapas necessárias para a criação do dispositivo.
JP Salgado é formado em Design Industrial e pós-graduado em Branding. É músico, luthier e educador, integrando o LESSS (Laboratório de Experiências Sensoriais). Tem ministrado cursos sobre design, marcenaria e luthieria e dedicado-se à pesquisa em design.
O Coletivo Sanga é formado por seis educadores com formação transversal e multidisciplinar, com atuação voltada para a arte-educação e educação inovadora no diálogo com as novas tecnologias.
Quando: de 19 a 22 de março (de terça a sexta)
Horário: das 10h às 13h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 14 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

ARQUITETURA MEXICANA: COR E ESPAÇO EM LUIS BARRAGÁN
Com Décio Otoni
Curso que faz um panorama da obra de Luis Barragán, maior nome da arquitetura moderna mexicana, conhecido pela coordenação harmônica entre cor e espaço em suas obras. Além de uma apresentação teórica da obra de Barragán, o curso também se propõe a introduzir os participantes ao mundo da arquitetura, a partir de exercícios práticos com maquetes, colagens e o software SketchUp.
Décio Otoni é arquiteto.
Quando: de 19 a 22 de março (de terça a sexta)
Horário: das 10h às 13h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 12 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

PADRONAGEM MEXICANA COM PROGRAMAÇÃO DIGITAL
Com Alexandre Villares
A partir de um estudo da padronagem têxtil mexicana, os participantes são convidados a criar seus próprios padrões a partir da utilização da linguagem de programação Processing, em um processo criativo que mistura padronagem e programação visual.
Alexandre Villares integra a equipe de educadores do Espaço de Tecnologias e Artes do Sesc Avenida Paulista, e executa projetos em modelagem 3D, design gerativo, fabricação digital e arte computacional.
Quando: de 19 a 22 de março (de terça a sexta)
Horário: das 14h às 17h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 14 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

• DEMONSTRAÇÕES

XILOGRAVURA A PARTIR DA ICONOGRAFIA POPULAR MEXICANA

Com Eduardo Ver
Processo de criação aberto de matriz em xilogravura de grande formato, com inspiração na iconografia popular mexicana e nos trabalhos de José Guadalupe Posada, importante gravurista mexicano do século XX. Os participantes poderão acompanhar todos os processos de criação da matriz, bem como os processos de entintamento e impressão.
Eduardo ver é xilogravurista, membro do Atelier Piratiniga.
Quando: de 16 a 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ESCULPINDO ALEBRIJES
Com Jacobo e Maria Angeles
Demonstração do processo artístico de criação dos alebrijes, tradicionais esculturas em madeira do povoado de San Martin Tilcajete, do estado mexicano de Oaxaca. Os alebrijes são mesclas de diversos corpos de animais em apenas uma peça, e são reconhecidos por suas cores fortes e exuberantes.
Jacobo e María Ángeles são artesãos e possuem um ateliê no povoado de San Martin Tilcajete, no estado mexicano de Oaxaca.
Quando: de 16 a 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 11h às 14h e das 15h às 18h
Onde: Praça (térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

PROCESSO DUPLO DE CRIAÇÃO XILOGRÁFICA
Com Eduardo Ver e Armando Gomez
Processo de criação aberto de matriz em xilogravura de grande formato, conduzido pelos xilogravuristas Eduardo Ver e Armando Gomez. Partindo de um mesmo tema, cada artista convidado criará uma matriz de gravura, demonstrando as diferenças nas técnicas, ferramentas e repertórios que cada um possui.
Eduardo Ver é xilogravurista, membro do Atelier Piratiniga.
Armando Gomez graduou-se em artes visuais pela Escola Nacional de Artes Plásticas da UNAM em 1997. Faz parte do comitê executivo da Associação Civil COSA (Cooperação, Sociedade e Arte), é membro fundador do workshop de litografia "Claudio Linatti" na ENAP-UNAM, do grupo de arte contemporânea "Xix-im", da escola de arte "Mexican Art Academy" e da oficina de produção e pesquisa gráfica "La Pintadera". Sua experiência docente é de aproximadamente 16 anos em diferentes instituições do México e 13 anos na Faculdade de Letras da Universidade Autônoma do Estado do México (UAEMEX). Já participou de 145 exposições coletivas e 15 exposições individuais no México, Hungria, Alemanha, Turquia, Canadá, Coréia do Sul, Argentina, Espanha, Cuba, Colômbia, Peru, Islândia, EUA e Japão.
Quando: dia 23 de março (sábado)
Horário: das 10h às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

• INSTALAÇÕES

ALTAR DE DÍA DE MUERTOS

Com mediação de Dania Inayeh e Marcel Bertoldi.
Releitura dos tradicionais altares de "día de muertos" mexicanos, realizados todos os anos no dia 2 de novembro em celebração ao círculo infinito de morte e vida. Com mediação de Dania Inayeh e Marcel Bertoldi.
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h às 19h
Onde: Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

• OFICINAS

MÁSCARA DE LUCHADOR COM COSTURA

Com Ateliê Modestamente Revolucionário
Os participantes irão criar seus alteregos Luchadores, desenhar um croqui e fazer suas máscaras personalizadas usando técnicas simples de modelagem e costura.
O Ateliê Modestamente Revolucionário é especializado na confecção de adereços e figurinos para cinema, publicidade e teatro.
Quando: dia 16 de março (sábado)
Horário: das 10h30 às 13h e das 14h30 às 17h
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 14 anos
Inscrição: Grátis - vagas limitadas. Retirada de ingressos 30 minutos antes, no local. Atividade com turmas independentes, em dois horários

PINTURA DE LOUÇA NO ESTILO TALAVERA
Com Cynthia Gyuru
A atividade trabalha duas técnicas, o decalque e a pintura de louça, tendo como mote o estilo Talavera. Serão apresentadas referências de trabalhos dessa linha e a partir do repertório individual de cada aluno e da livre expressão, serão criadas peças autorais.
Cynthia Gyuru, é ilustradora e nascida na capital de SP. E é da cidade grande que ela se inspira. Com a simples possibilidade de andar pelas ruas e olhar. Olhar as delicadezas da vida. Cynthia escolheu a porcelana como matéria prima para aprimorar seu trabalho.
Não recomendado para menores de 14 anos
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 14 anos
Inscrição: Grátis - vagas limitadas. Retirada de ingressos 30 minutos antes, no local. Atividade com turmas independentes.

EXPERIMENTOS DE BORDADO MEXICANO
Com Flávia Bomfim
Neste curso de um dia serão apresentadas duas técnicas do bordado mexicano: o bordado "Pensamiento", do povoado de San Antonio Castillo Velazco, no estado de Oaxaca; e o bordado "Tenango", da região central do país.
Flávia Bomfim é ilustradora, artista têxtil, psicóloga e editora. Desenvolve uma investigação sobre bordados tradicionais e contemporâneos no mundo e suas rotas de contaminação. Realiza em Salvador o "Festival de Ilustração e Literatura Expandido" (FILExpendido) e feiras de arte e de publicações independentes, promovendo instâncias de discussão sobre a literatura ilustrada, a produção independente e a comercialização de artes gráficas. Fundou a editora "Movimento Contínuo", que também promove ações e intervenções educativas através da arte.
Quando: dia 23 de março (sábado)
Horário: das 10h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: 18 anos
Inscrição: Vagas limitadas. Inscrições a partir das 14h do dia 14 de março no site sescsp.org.br/festa

• VIVÊNCIA

ARTE HUICHOL COM MIÇANGAS

Com Fernanda Salvini
Todos serão convidados a participar na elaboração de uma grande tela inspirada nas tradições da arte huichole, grupo indígena do norte do México que trabalha com a aplicação de miçangas coloridas em diferentes suportes. As cores e figuras estarão disponíveis para inspirar a vivência nesse mundo "desconhecido". A origem da arte huichol remonta aos tempos ancestrais, quando os xamãs ou sacerdotes da comunidade criaram figuras que representavam divindades e animais sagrados. Essa atmosfera mágica e cósmica foi preservada ao longo do tempo.
Fernanda Salvini é ilustradora e tatuadora. Formada em Arquitetura, deixou a carreira para se dedicar a cultura. Viveu na Argentina por 4 anos e viajou o mundo por um ano inteiro onde 5 meses foram no México, dividindo experiências e conhecimentos. Sua principal vivência direta com os huicholes foi em fevereiro de 2017 em Real de Catorce, San Luis Potosi, em uma participação de um ritual interno de união de povos indígenas de regiões distintas do México visando a cura do universo.
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
Onde: Tecnologias e Artes (4º andar)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ALTAR DE DÍA DE MUERTOS: BANDEIRINHAS DE PAPEL PICADO
Com Ariádine Menezes
Inspirado no papel picado, tradicional arte mexicana de recorte manual em papel, a vivência propõe o desenvolvimento de bandeirinhas temáticas. Serão apresentados 8 modelos diferentes pré desenhados e vincados que os participantes poderão escolher e recortar, utilizando dobraduras e tesoura, com a ajuda das ministrantes.
Ariádine é uma artista autodidata que começou a expressar sua abstração em 2010 através de fotografia e colagem. Durante uma viagem de três anos pela Europa, Turquia e especialmente India foi influenciada pelo cuidado, perfeccionismo e repetição quase hipnótica dos trabalhos artesanais orientais. Suas colagens foram aos poucos se transformando em minuciosos papéis recortados ou kiriês, frutos da experimentação e afinco exclusivo dessa técnica que a artista vem desvendando e experimentando desde 2012 em obras de arte, estencils e adereços cenográficos e desde 2016 em sala de aula.
Quando: de 16 a 23 de março (sábado e domingo)
Horário: das 10h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
Onde: Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ALTAR DE DÍA DE MUERTOS: FLORES E BORBOLETAS DE PAPEL
Com Vera Campaner
O público será convidado a confeccionar borboletas e flores de papel, inspiradas nas tradições mexicanas do "día de muertos", e utilizadas para decorar os altares que são confeccionados para esta celebração.
Vera Campaner é artista, educadora e desde 2005 atua como orientadora de oficinas artísticas, com enfoque em técnicas artesanais, que incentivam a valorização social e o aprendizado sócio educativo. Desenvolve no seu ateliê Eco Arte, projetos autorais de design sustentável em linguagem contemporânea, estimulando a redescoberta do fazer manual.
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 11h às 14h e das 15h às 18h
Onde: Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ALTAR DE DÍA DE MUERTOS: CAVEIRAS DE PAPEL
Com Juliana Bollini
Nesta vivência os visitantes serão convidados a forrar e decorar suas próprias caveiras de isopor, a partir de materiais e técnicas inspiradas nas tradicionais caveiras, espalhadas nos mais diversos cantos do México. Depois de forrar as peças com papel, todos poderão enfeitá-las com diversos materiais.
Juliana Bollini nasceu e estudou Artes Plásticas em Buenos Aires, Argentina, onde se especializou em gravura. Atualmente, mora em São Paulo. É apaixonada por papel e sucatas. A natureza e o universo onírico são suas inspirações constantes.
Nos anos 90, a artista mergulhou no mundo mágico do papel, explorando suas possibilidades e descobrindo uma linguagem própria. Atualmente, ela mantém seu ateliê onde cria e recebe seus clientes. Também participa de exposições e ministra oficinas, seminários e cursos no Brasil e na Argentina.
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 11h às 14h e das 15h às 18h
Onde: Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ALTAR DE DÍA DE MUERTOS: INCENSO ARTESANAL
Com Simone Spilborghs
Vivência sobre o uso prático de ervas aromáticas para a elaboração de incensos artesanais, considerando suas propriedades a partir do conhecimento popular tradicional. Com uma abordagem prática, os participantes irão produzir incensos, além de conhecer diferentes ervas e flores. Ao final, cada um levará para casa os incensos que serão produzidos durante a oficina.
Simone Spilborghs é pedagoga e atua como educadora social no projeto Bem Te Vi, em Botucatu. Idealizadora da "Ervaria", empresa que trabalha com ervas e cuidados ginecológicos femininos. Estuda fitoenergética, práticas naturais no uso das ervas e saberes de tradições ancestrais. É interessada pelo conhecimento tradicional popular.
Quando: dias 16 e 17 de março (sábado e domingo)
Horário: das 11h30 às 14h30 e das 15h30 às 18h30
Onde: Praça (Térreo)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

ESTAMPARIA OTOMI
Com André Fernandes, do Quiosco Cultural
Vivência que apresenta ao público a estamparia do povo Otomi, conhecida por retratar a fauna e flora regional com padrões em cores vivas e com técnicas que são passadas de geração em geração dentro das famílias. Serão apresentadas três técnicas e tipos de padrões durante a atividade.
André Fernandes é artista curador, professor multidisciplinar em escolas, universidades, ONGs e instituições culturais. Especializado em técnicas de gravura contemporânea com multilinguagens, transita por diversas áreas da arte com vivências artísticas em seu ateliê itinerante "Quiosco Cultural".
Quando: dia 24 de março (domingo)
Horário: das 10h30 às 13h e das 14h30 às 17h
Onde: Avenida Paulista (em frente ao Sesc)
Classificação: Livre
Inscrição: Não há necessidade de inscrição nem retirada de ingressos

SERVIÇO
FestA! – Festival do Aprender

Programação do Sesc Avenida Paulista
Quando: de 16 a 24 de março de 2019
Local: Vários espaços da Unidade
Quanto: Grátis – Verifique a necessidade de inscrição ou retirada de ingresso

SESC AVENIDA PAULISTA
Avenida Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo
Fone: (11) 3170-0800
Transporte Público: Estação Brigadeiro do Metrô – 350m

Horário de funcionamento da unidade:
Terça a sábado, das 10h às 22h.
Domingos e feriados, das 10h às 19h.

Horário de funcionamento da bilheteria:
Terça a sábado, das 10h às 21h30.
Domingos e feriados, das 10h às 18h30.

Site: sescsp.org.br/avenidapaulista
Facebook: facebook.com/sescavpaulista
Instagram: @sescavpaulista
App Sesc Avenida Paulista: disponível para download gratuito em celulares e tablets no endereço sescsp.org.br/avenidapaulista
Divulgação

Fonte:ASSESSORIA DE IMPRENSA DO SESC AVENIDA PAULISTA