Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Híbrido

Híbrido

Publicada em : 29/01/2019

Seis Canta volta ao Auditório Ibirapuera, pelo projeto Música no Foyer

Rogério Vieira
O grupo paulistano Seis Canta volta a se apresentar no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer, pelo projeto Música no Foyer, no dia 17 de fevereiro, domingo, às 17h. Formado pelas vozes de Amanda Temponi, Aninha Ferrini, Everton Dantas, Paulla Zeferino, Raquel Bernardes e Wilson Alves, o Seis Canta encaminha sua nova jornada artística com um repertório híbrido dos espetáculos “Meio-fio – Repensando os limites na metrópole” e “Identidades” (este último apresentado no Auditório Ibirapuera, em 2017). Com um caráter mais intimista, o novo espetáculo mescla os questionamentos abordados nos dois primeiros shows.

Mantendo a estética variada de suas apresentações, o grupo traz a música vocal acappella imersa no rico acervo da música popular brasileira, além de canções autorais que permitem uma perspectiva mais pessoal dos integrantes do grupo. O repertório conta com composições de Kiko Dinucci, Caetano Veloso, Douglas Germano, Celso Viáfora, Milton Nascimento, Itamar Assumpção, Mauro Duarte, Paulo César Pinheiro, Edu Lobo, entre outros.

Sobre o Seis Canta:
Criado em 2012, o grupo vocal Seis Canta ganhou destaque em 2013 depois de conquistar o 2º lugar no Concurso Nacional de Novos Grupos Vocais – o Brasil Vocal – realizado na cidade do Rio de Janeiro.

Em 2015, o espetáculo “Meio Fio – Repensando os limites na metrópole”, que refletia sobre os conflitos urbanos, foi contemplado pelo Programa VAI da Prefeitura de São Paulo e levado a diversos centros culturais da periferia da cidade. No ano seguinte, o espetáculo ganhou um dos palcos mais renomados de São Paulo, a Sala Itaú Cultural, com ingressos esgotados.

Em 2016 o Seis Canta representou o Brasil ao lado do grupo BeBossa no Festival ‘Asunción a Voces’, realizado no Paraguai. No evento, o grupo realizou uma apresentação em parceria com Tobias Hug, ex-integrante do grupo The Swingle Singers.

Em 2017, o grupo estreou seu segundo espetáculo, intitulado “Identidades”. O trabalho, que discutia respeito e tolerância às diferenças, além do Auditório Ibirapuera, foi apresentado no Espaço Cia da Revista e no Centro Cultural Monte Azul. Assim como no primeiro espetáculo, o grupo mais uma vez levou ao palco interações entre corpo e voz, se utilizando da poesia, tecnologia, teatro, dança e ‘performance art’ para oferecer uma experiência transformadora à plateia.

Repertório:
Aprendiz de Feiticeiro (Comp. Itamar Assumpção / Arr. André Protásio)
Depressão Periférica (Comp. Kiko Dinucci / Arr. Wilson Alves)
Canto das Três Raças (Comp. Mauro Duarte e Paulo C. Pinheiro/Arr. Wilson Alves)
Maria de Vila Matilde (Comp. Douglas Germano / Arr. Wilson Alves)
Homem (Comp. Caetano Veloso/Arr. Renato Spinosa)
Que Nem a Gente (Comp. Celso Viáfora/Arr. Wilson Alves)
Credo (Comp. Milton Nascimento e Fernando Brant / Arr. Daniel Reginato)
Quem Tem Coragem (Comp. Everton Dantas / Arr. Everton Dantas e Wilson Alves)
Super Homem (Comp. Gilberto Gil / Arr. Vagner Ordônio)
Zambi (Comp. Edu Lobo / Arr. Everton Dantas)
Numa Cidade Muito Longe Daqui (Comp. Marcelo D2, Leandro Sapucaí, Arlindo Cruz/ Arr. Wilson Alves)
Não Existe Amor Em SP (Comp. Criolo / Arr. Wilson Alves)


SERVIÇO:
17 FEV 2019 | 17h

Música no Foyer
com Seis Canta
duração: 60 minutos (aproximadamente)
ingressos: Gratuito. Entrada por ordem de chegada ao foyer do Auditório Ibirapuera
[livre para todos os públicos]
A apresentação conta com interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras)
informações: www.auditorioibirapuera.com.br
tel.: 3629-1075 ou info@auditorioibirapuera.com.br

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Desde 2011, o Auditório Ibirapuera é gerido pelo Itaú Cultural, em parceria com a Prefeitura de São Paulo. O Instituto e a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo renovaram o convênio de gestão, vigente até 31 de dezembro de 2019. O trabalho inclui a gestão da Escola do Auditório, voltada à formação de música para estudantes da rede pública de ensino da capital. Esta parceria público-privada de cultura e formação já impactou mais de um milhão e meio de espectadores.

Capacidade: 300 lugares (foyer)

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque Ibirapuera
(Entrada para carros pelo Portão 3)
Fone: 11.3629-1075
info@auditorioibirapuera.com.br
http://www.auditorioibirapuera.com.br/
Ar-condicionado. Acesso a pessoas com deficiência. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte:
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h
Ônibus:
Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz
Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras
Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro
Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela
Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz
Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana
O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público.
Rogério Vieira

Fonte:Boaventura Comunicação