Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Um Beijo em Franz Kafka

Um Beijo em Franz Kafka

Publicada em : 11/10/2018

Estreia dia 20 de outubro, no Auditório do MASP

Priscila Prade
Com texto inédito de Sérgio Roveri e direção de Eduardo Figueiredo “Um Beijo em Franz Kafka” estreia no dia 20 de outubro no Auditório do MASP. Anderson Di Rizzi  viverá Max Brod, o melhor amigo, tutor e herdeiro das obras de Franz Kafka, interpretado pelo ator Maurício Machado.
“Viver o gênio que foi Franz Kafka, como todas as questões que permearam sua vida e obra, são não só um desafio, deste primeiro personagem biográfico que vivo, como uma honra e satisfação imensa. Um trabalho permeado de muito esmero, delicadeza e emoção”, declara Maurício.

A peça mostra um encontro fictício entre o escritor Franz Kafka e seu grande amigo, o também escritor Max Brod, dias antes de Kafka ser internado em um sanatório na Áustria. Depois de discorrer um pouco sobre mulheres, família e literatura, o autor de clássicos como O Processo e A Metamorfose revela o verdadeiro motivo de sua visita: ele deseja que o amigo destrua toda a sua obra.

Anderson Di Rizzi e Mauricio Machado. Foto Priscila Prade

História
Baseada em fato real envolvendo os dois personagens, “Um Beijo em Franz Kafka” é inspirada em uma carta que Kafka escreveu a Max Brod, pouco antes de morrer, pedindo para que ele queimasse toda sua gigante obra inédita. Em vida, Kafka viu publicada uma parcela muito pequena de sua produção e queria que tudo que estava guardado fosse incinerado pelo amigo logo após sua morte.
Ele que sofria de tuberculose, foi internado no dia 10 de abril de 1924 em um sanatório de Viena, onde faleceu no dia 03 de junho de 1924.
Kafka escreveu sobre a condição humana. Foi um homem comum, genial, cuja narrativa só ficou conhecida graças à negativa de Max Brod em atender ao amigo. Ao invés de incinerar as páginas ele providenciou a sua publicação.  O Homem nunca mais foi o mesmo.

Encenação
Com a participação de um bailarino, Alex Merino, e música ao vivo, interpretada pelo músico Ricardo Pesce, a encenação é focada no embate entre os dois personagens e tem como conceito intervenções de signos da obra de Kafka, como a condição de impotência do indivíduo perante um poder que controla sua vida.
Como diz Modesto Carone, o principal tradutor da obra de Kafka no Brasil, vamos apresentar a “impossibilidade do homem de moldar seu próprio destino, onde todos os esforços e iniciativas são inúteis”. Segundo Theodor Adorno, “até as deformações em Kafka são precisas".
As obras mais famosas de Kafka foram escritas entre 1913 e 1924. São elas: "A Metamorfose", "O Processo", "O Castelo", "O Foguista" (que é na verdade o primeiro capítulo de "América"), "A Sentença" e "O Artista da Fome". Trechos de algumas destas obras são abordados na dramaturgia de Sergio Roveri.

SERVIÇO
Um Beijo em Franz Kafka

Texto: Sergio Roveri
Direção: Eduardo Figueiredo
Elenco: Maurício Machado e Anderson Di Rizzi
Músico: Ricardo Pesce
Bailarino: Alex Merino

Temporada: de 20 de outubro a 02 de dezembro
Horário: Sextas e sábados às 21h e domingos às 20h

Classificação: 16 anos
Duração: 1h20
Gênero: suspense

Local: Auditório MASP – 374 lugares
Avenida Paulista, 1578 -Bela Vista
Telefone: (11) 3251-5644

Ingressos: Sextas e domingos – R$50,00 (inteira) e R$25,00 (meia)
Sábados – R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia)
Bilheteria: de terça a domingo das 10h às 17h30
Excepcionalmente às quintas-feiras das 10h às 19h30
Em dias de espetáculos, a bilheteria funcionará até o horário de início da apresentação.
Grupos: 3885 5056

Vendas online: ingresso rápido (ingressorapido.com.br)

Estacionamento conveniado:
É preciso carimbar o ticket do estacionamento na bilheteria ou recepção do museu para obter desconto

Car Park (Alameda Casa Branca 41)
Segunda a sexta-feira, 6-23h: R$ 14
sábado, domingo e feriado, 8-20h: R$ 13

Progress Park (Av. Paulista 1636)
Segunda a sexta-feira, 7-23h: R$ 20
sábado, domingo e feriado, 7-18h: R$ 20

Fonte:Flavia Fusco Comunicação