Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Maurício Einhorn

Maurício Einhorn

Publicada em : 04/04/2018

CAIXA Cultural São Paulo exibe documentário em temporada de shows

Divulgação
A CAIXA Cultural São Paulo exibe no dia 14 de abril (sábado) o documentário Mauricio Einhorn – Estamos Aí, dirigido por Rodolfo Novaes, às 18 horas, com entrada franca. A sessão acontece no período em que o artista apresenta o show Maurício Einhorn - 80 Anos de Gaita, de 13 a 15 de abril (às 19h30) no mesmo local. Os espetáculos têm patrocínio da CAIXA Econômica Federal.

O filme retrata a história e o universo criativo do gaitista autodidata, considerado o maior instrumentista brasileiro em sua arte e também um dos melhores do mundo. No filme, além de sua biografia, está seu ponto de vista sobre a música e a gaita. Depoimentos de Toots Thielemans, Paulo Moura, Cláudio Roditi, Idriss Boudrioua, Gabriel Grossi e Walter Lima Jr permeiam o documentário.

O genial Maurício Einhorn – no auge de seus 85 anos – comemora oito décadas dedicadas à gaita com esse show autoral, na Caixa Cultural São Paulo. O músico apresenta-se acompanhado por Alberto Chimelli (teclados), Luis Alves (baixo acústico) e João Cortez (bateria).

Considerado patrimônio da cultura musical brasileira, Einhorn já tocou com artistas do naipe de Sarah Vaughan, Nina Simone e Herbie Mann, entre outros. Também teve presença marcante no movimento bossa nova, sendo autor dos clássicos "Batida Diferente" (com Durval Ferreira), "Tristeza de Nós Dois" (com D. Ferreira e Bebeto), "Estamos Aí" (com D. Ferreira e Regina Werneck) e "Alvorada" (com Arnaldo Costa e Lula Freire). Formou com o violonista Hélio Delmiro e o baixista Arismar do Espírito Santo um dos trios mais requisitados nas noites cariocas, além de ter músicas gravadas no Brasil e no exterior por Tom Jobim, Leny Andrade, Herbie Mann, Paquito d’Rivera, David Fathead, Newman, Lino Nebbin, Cannonball Adderley e outros. Entre seus principais parceiros destacam-se Johnny Alf, Eumir Deodato, Sebastião Tapajós, Durval Ferreira, Arnaldo Costa, Alberto Arantes, Bebeto, Marco Versiani, Alberto Chimeli e José de Alencar Schettini.

O repertório do show traz composições próprias: “Já Era” (parceria com Eumir Deodato); “Valsa para Marina”, “Conexão Leme”, “Te Olhei” e “Chorinho Carioca” (parcerias com Alberto Chimelli); “Mood”, “Artimanhas”, “Travessuras” e “Conexões” (parcerias com Alberto Araújo); “Acalanto” e “Please Could You Play Again” (com Lars Bo Enselmann); “São Conrado” (com Carlos Alberto Pingarilho), “Ao Amor” (com José Schettini); “Tema de Amor” (com Sebastião Tapajós); e “Tristeza de Nós Dois” (com Durval Ferreira e Bebeto Castilho).

Serviço

Exibição do documentário: Mauricio Einhorn – Estamos Aí

Data: 14 de abril. Sábado, às 18h
Duração: 45 minutos. Entrada franca. Capacidade: 80 lugares.

Show: Maurício Einhorn - 80 Anos de Gaita
Data: 13, 14 e 15 de abril. Sexta a domingo, às 19h15
Ingressos: Grátis. Distribuídos a partir das 9h do dia do evento
Duração: 60 minutos. Classificação: Livre. Capacidade: 80 lugares

Local: CAIXA Cultural São Paulo
Endereço: Praça da Sé, 111 - Centro
Informações: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal
Divulgação

Fonte:Verbena Assessoria