Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Wendy e Peter

Wendy e Peter

Publicada em : 04/04/2018

Espetáculo infantil comemora 20 anos

Francisco Miguez
Francisco Miguez
Nova montagem da Cia. Linhas Aéreas privilegia o protagonismo feminino na história de Wendy e Peter Pan.

No cenário, uma estrutura de 4 metros com equipamentos de circo garante números de tecido, elástico e acrobacias aéreas

Anos após ter vivido aventuras mágicas na Terra do Nunca, onde conheceu fadas, piratas malvados, feras selvagens, tribos indígenas, os garotos perdidos e o temido crocodilo tic tac, Wendy (Ziza Brisola) cresceu. Já adulta, recebe em seu quarto a visita de Peter Pan (Patrícia Rizzi), companheiro de aventuras que já não consegue se lembrar dos momentos que viveram juntos. Esse é o mote do espetáculo Wendy e Peter, da Cia Linhas Aéreas, que entra em cartaz dia 14 de abril, sábado, meio-dia, no teatro do Sesc Belenzinho.

Adaptado pelas próprias atrizes do livro Peter e Wendy, escrito por J. M. Barrie, publicado em 1911 - sete anos após a estreia da peça que tornou famosa a história de Peter Pan - o espetáculo da Cia. Linhas Aéreas propõe uma encenação de artes integradas, onde circo, teatro, dança contemporânea e Kung-Fu se encontram. Quem assina a direção e colaboração na dramaturgia é Bruno Rudolf, parceiro artístico da companhia desde 2006. Na nova montagem, as intérpretes-criadoras privilegiam a figura feminina na obra de Barrie. “Entendemos que o livro e a peça de teatro homenageiam as mulheres e também as boas mães”, diz Ziza. Foi a partir desse entendimento que as artistas fizeram com que o nome de Wendy viesse antes do de Peter na peça.

“Peter Pan é uma figura que está o tempo todo em busca de uma mãe - ele procura isso na Wendy e é muito ressentido por ter sido abandonado da infância. Refletir sobre o feminino na arte é um foco constante na trajetória da Cia.Linhas Aéreas e nos parece especialmente necessário num momento como o atual, em que esse tipo de debate ganha mais força e gera reações na sociedade.”, complementa Ziza. Para criar a figura dúbia de Peter Pan, um menino que carrega a infância em si - com suas ingenuidades, fantasias, emoções e crueldades - a companhia apostou no uso do Shen She Chuen Kung-Fu, luta oriental praticada pela atriz Patrícia Rizzi há 22 anos. “Entendemos que o movimento da luta tinha tudo a ver com algumas características do Peter, como a astúcia, a molequice e a determinação”, diz Patrícia.

Para ela, a fusão das artes funciona muito bem com os pequenos. “As crianças são o melhor público para experimentarmos essas misturas. Na cabeça deles a arte não está dividida, então eles estão livres de julgamentos e prontos para receber as nossas propostas”, complementa. A artista teve os movimentos de luta dirigidos por Luis Pelegrini, seu professor de Kung-Fu desde o início da sua trajetória nesta arte marcial. Pelegrini já participou do elenco do Cirque du Soleil entre 1999 e 2002 como um dos personagens principais do espetáculo Dralion, que fez temporada pelos Estados Unidos da América e Austrália.

No universo infantil já criou três espetáculos, todos textos originais escritos pelo autor Paulo Rogério Lopes. “A Pulga do Arquiteto” (2012), selecionado no Programa Alfa Criança, dirigido por Débora Dubois e inspirado no Renascimento, que foi indicado ao Prêmio Femsa de Teatro Infantil e Jovem de melhor iluminação (Mirella Brandi), cenário (Renato Bolelli Rebouças) e atriz (Ziza Brisola). “Galinhas Aéreas” (2006), com direção de Carla Candiotto, premiado no 10º Cultura Inglesa Festival. E “Enlouquecendo a Mamãe” (2003), também com a diretora Débora Dubois. “Wendy e Peter” será a primeira adaptação de um texto clássico para crianças da Linhas Aéreas.

Serviço

Espetáculo infantil Wendy e Peter.

De 14 de abril a 13 de maio. Sábados, domingos e feriados, às 12 horas, no Teatro do Sesc Belenzinho. Endereço: R. Padre Adelino, 1000 - Belenzinho, São Paulo - SP, 03303-000. Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (Credencial plena - trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Gratuito para crianças menores de 12 anos. Venda nas unidades do Sesc. Classificação: Livre. Indicação etária: a partir de 4 anos. Duração: 60 minutos. Capacidade: 372 lugares.

Fonte:ARTEPLURAL